sábado, maio 31, 2008

Hoje escolhemos o próximo PM


É com elevado sentido de dever que hoje o PSD vai a votos.
O líder eleito será, esperamos, o futuro Chefe de Governo.

As urnas abrem-se e desejamos todos que as sete horas de votação decorram sem incidentes.

Como correm as coisas na vossa secção?
Eu estou ansioso. Serei o único?

28 comentários:

Paulo Colaço disse...

É um misto de ansiedade, nervosismo e sentimento de missão.

Desde as últimas directas que não podemos ter certezas de nada...

xana disse...

De facto acho que o resultado está em aberto. Não sou capaz de dizer quem vai vencer hoje.

Mas uma coisa vos garanto: se o PSD não se unir vamos ser cilindrados de novo, até porque a comunicação social continua a "não gostar" do PSD. Especialmente, alguns meios mais sensacionalistas, como a TVI, que ontem dizia numa peça que a campanha foi marcada pelos ataques pessoais entre candidatos.

Vai ser sempre assim. Daí a necessidade de união e a primeira regra para sermos respeitados é darmo-nos ao respeito. Que acabem as oposições que tivemos nos últimos anos, de MM, LFM e até MFL mais subtilmente neste último mandato. É isso que tem que acabar no PSD.

frederico carvalho disse...

[quote]É um misto de ansiedade, nervosismo e sentimento de missão.

deste lado sinto a mesma coisa.

Comprei o Expresso de manhã, fui votar, li o jornalinho e almoçei.
Não tarda volto para a secção, que isto de estar em casa e não sentir o feeling da votação deixa-me inquieto.

La para as 17h e qq coisa, irei para a candidatura vencedora :)
MFL! MFL! MFL :)

Margarida Balseiro Lopes disse...

Eu também estou ansiosa. Mas simultaneamente tranquila.

Confio nos miltantes (já que ainda não posso votar).

E acho que hoje começamos a escrever uma nova página na história do nosso partido. Eu acredito!

A.Costa disse...

Parabéns à Drª. Manuel Ferreira Leite pela vitória nas eleições directas no PPD-PSD.
A. Costa

Luís Nogueira disse...

Parabéns à Drª. Manuel Ferreira Leite!!! Todos unidos vamos rumar a 2009 para uma grande vitória!!! Pelo PSD, por Portugal!!!

Luís Nogueira disse...

Manuela... :)

A.Costa disse...

Caro Luis,
Não nos conhecemos mas parece que houve alguma "telepatia"...
...Drª Manuela Ferreira Leite...
A, Costa

Filipe de Arede Nunes disse...

Estou feliz, naturalmente, mas estive ansioso durante bastante tempo!
Houve alturas em que pensei que Santana Lopes ia ganhar. Os mais de 13000 votos que teve são expressivos e elucidativos sobre muitas coisas que se passam no PSD!
Bem, agora é tempo começar a trabalhar no futuro e preparar uma alternativa efectiva o governo PS e a Socrates. Só no dia-a-dia é possivel efectivar um projecto e uma liderança crediveis.
Parabéns à Dra. Manuela Ferreira Leite a todos aqueles que a apoiaram.
Encontramo-nos no congresso.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

José Baptista disse...

A nossa candidata ganhou.
A candidata da luta e combate sério, ganhou!

Vamos que é hora!

Até Guimarães ou num psico-encontro possivelmente mais perto!

Abraços,

José Baptista

PVF disse...

Como sabem eu sou um dos "não vencedores" do dia. Felicito todos os companheiros que acharam que a companheira MFL seria a melhor solução para os novos tempos que vivemos.

Certamente que iremos fazer uma análise mais específica dos resultados mas agoar o que interessa é que a Rainha venceu (sem ser pejorativo). God Save the Queen!

A partir de agora todos juntos por Portugal!

Paulo Colaço disse...

Estou muito contente com os resultados de hoje.
Passam-me mil sensações pela cabeça. O alívio é a mais forte.
Porque terminou um duro combate.
Porque venceu a opção que me tranquiliza.
Porque a pressão acumulada era muita.

Mais ideias colidem contra mim, deixo agora apenas uma: a forma como estas directas ocorreram credibilizam o Partido. No essencial, Passos Coelho e Santana Lopes estiveram bem.

Vai demorar algum tempo para digerir tudo. Hei-de digeri-lo aqui, com todos vós.

luis melo disse...

Penso que agora está tudo claro:

- MFL (17.342 votos) é a melhor líder para este momento do PSD e do país. Os militantes mostraram maturidade, inteligência e bom senso. Com MFL ganhamos o partido e o país. Desejo muito bom trabalho á nova líder. Estarei sempre consigo.

- PPC (14.224 votos) tem uma grande aceitação por parte dos militantes, tem futuro garantido no PSD. Conseguiu o objectivo, marcar posição. E de que maneira... ficando até á frente de PSL.

- PSL (13.519 votos) tal como previsto, ainda tem muita simpatia dos militantes. Todos são solidários com ele pelo sucedido em 2004. E ainda há muitos que pensam que ele podia ter uma "vingança". Terá mais tarde, em eleições para Pres. Republica.

Aqui na secção de Santo Tirso, ganhou PPC seguido de MFL e PSL (O apoio de Marco António a PPC foi decisivo para este desfecho). Para delegados ao congresso o resultado foi 2 MFL e 2 PPC.

Viva o PSD !

Paulo Colaço disse...

Duas curiosidades açorianas:

1 - No Corvo só três militantes tinham as quotas pagas. Votaram todos. Resultado? Um voto para MFL, um para PPC e outro para PSL. Lindo!

2 - MFL teve 100% dos votos em Lajes das Flores (votaram todos os 4 militantes). PPC obteve o mesmo resultado na Madalena do Pico (votaram os 2 do caderno)

Paulo Colaço disse...

Mais curiosidades:

3 - em Braga, Patinha Antão ficou em 5º… se contarmos com os brancos e nulos

4 - O concelho mais “indeciso” é Famalicão: 27 brancos

Cassiano disse...

Finalmente chegaram ao fim as 2ª directas do nosso partido! Quanto a mim não houve surpresas nos resultados, apesar de ter sido mais renhido do que eu próprio esperava.

Não ganhou o meu candidato, no entanto a partir de agora estou com a Dra. Manuela Ferreira Leite. É a líder do meu partido e é com ela que contamos para combater Sócrates. Espero que o congresso de Guimarães seja um foco de união e não de guerrilha interna, caso contrário, não há líder que aguente!

Anónimo disse...

Também posso dizer uma curiosidade? Marco António Costa, que manda no distrito do Porto, disse que a esmagadora maioria dos militantes apoiava Pedro Passos Coelho. Afinal a diferença de votos com Manuela Ferreira Leite foi de 80 votos.

Paulo Colaço disse...

Outra:
Com 1670 votantes, Gaia foi o concelho que mais gente levou às urnas.

Tiago Mendonça disse...

Se me permitem a análise :

Não se podendo considerar um resultado expressivo, porque não o foi, Manuela Ferreira Leite tem toda a legitimidade para liderar o Partido e estarei como sempre disse disponível para o combate político. Não lhe farei o que fizeram outras pessoas que hoje junto a ela sorriram, a outros líderes.

Tenho alguma preocupação pela tripartição quase equitativa do partido. A diferença de menos de 4000 votos entre Pedro Santana Lopes e Manuela Ferreira e cerca de 700 entre o primeiro e Pedro Passos Coelho são bem reveladores. Não há a expressividade dos 60% de Menezes obtidos há uns meses. A margem é mais apertada.

Considero no entanto, que foram umas autênticas primárias. Uma campanha elevada, com quatro bons candidatos que dignificaram o partido. Durante muitas semanas só se ouviu falar de PSD e gerou-se uma onda de entusiasmo em redor destas eleições directas. Existem hoje condições de derrotar Sócrates, saiba-se fazer o combate político, nomeadamente na frente parlamentar, onde considero que foi o aspecto mais negativo de todo este processo, pois estávamos a ganhar muito terreno com a presença do Dr.Santana Lopes como líder da bancada parlamentar.

È preciso rapidamente programar-se as autárquicas e as legislativas. É preciso valorizar os excelentes quadros do partido.

Acho que nem para Passos Coelho nem para Santana Lopes a vida política aqui termina, desejando no entanto que a vida de ambos seja dentro do PSD, para bem do PSD e de Portugal.

Quanto ao resto, a secção que teve maior participação no distrito de Lisboa foi a secção de Moscavide, facto que muito me orgulha. 68% dos eleitores foram às urnas, cerca de mais 10% do que na segunda secção mais participada, Odivelas e quase mais 20% do que a média distrital. É um sinal da vitalidade da secção e da dinamização e dinâmica que tem tido e que evidencia que é nas pequenas secções, que muitas das vezes, mais se sente e vive o PSD.

E pronto, temos um novo líder. Agora acho que é tempo de reflexão interna e de mudar coisas essenciais. Actividade e Credibilidade são vectores nucleares para aproximar os jovens da política e da nossa estrutura partidária.

Nélson Faria disse...

Para não repetir as palavras de outrém vou dar o meu testemunho mais pessoal: foi a primeira vez que estive verdadeira e directamente envolvido numa campanha nacional a um nível in your face.

Fiquei absolutamente impressionado com a abertura e a fácil troca de ideias na sede, muitas vezes com figuras do partido. Fico com todas as pessoas que conheci e com quem tive o prazer de trabalhar, prova provada da competência, dedicação e altruísmo que há na política.

Recordo outra coisa, para mim muito mais importante: o companheirismo dos grandes amigos que tenho nas três candidaturas.

Entre as 17h10 e as 18h30 foi um constante rodopio, com chamadas efectuadas e recebidas a um ritmo alucinante. Já depois das 21h a tranquila troca de impressões e a promessa de que estaremos juntos em breve (já se combinam uns almoços entre malta de todo o País que apoiou diferentes candidatos - o primeiro deverá ter lugar amanhã ;)

É a prova provada que há muito mais para lá das tricas - há verdadeira amizade na actual JSD!

Um grande abraço a todos aqueles que me deram o prazer de trabalhar com eles, um abraço forte a todos os amigos que ainda que não estando no mesmo campo, se preparam para travar a mesma batalha.

Viva a JSD, viva o PSD, viva Portugal!

P.S. Palavras de quem ainda está absolutamente maravilhado com o companheirismo de hoje da parte de tantos com quem tive o prazer de falar.

Nélson Faria disse...

Palavra especial para os distritos do Porto, Braga, Aveiro, Viana, Setúbal, Évora, Guarda, Coimbra, Algarve... um grupo particularmente activo no companheirismo ;)

Foi bonita a festa pah! :)

jfd disse...

Não foi a minha candidata, mas é a minha líder.
Parabéns a todos. Aos que ganharam pela convição, e aos que ganharam porque dava jeito :P
E parabéns a mim que fiz uma excelente campanha!

Francisco Castelo Branco disse...

Parabens a Manuela Ferreira Leite por ter conquistado a liderança do PSD.

Agora é tempo de unir, trabalhar e lançar ideias para Portugal.
E arranjar soluções alternativas
E igualmente concordar com o Governo naquilo que é benéfico para o país.
Neste aspecto Manuela Ferreira Leite é uma pessoa que garante esta estabilidade

Apesar de Pedro Passos Coelho ter perdido continuo a defender as ideias dele e aquilo em que acredita
Por tudo isto e por considerar Passos Coelho um modelo politico, vou continuar a seguir atentamente a sua evolução.
Não abandonando o barco porque ele perdeu esta eleição.
Da minha parte reitero que vou continuar a "apoiar" o seu trajecto, politicas e percurso.

Porque é pelo PSD que se deve trabalhar.

Em relação a 2009, é importante meter o país à frente das pessoas e do partido.

Francisco Castelo Branco disse...

Só para concluir (depois de ler o texto do Tiago Sousa Dias que diz que pessoas que sorriram a MFL já sorriram a outros...);

de dizer que só irei "sorrir" a Pedro Passos Coelho.

Quer isto dizer, que "se" um dia fizer politica ou será ao lado dele ou fazendo o meu próprio caminho heheheheheh lol

Nike de benfica disse...

Não acho que exista qualquer tripartição no partido, uma ideia que apenas Santana Lopes quis fazer passar para justificar que continue a andar por aí.
Pedro Passos Coelho foi bem mais humilde, tendo ficado em segundo.
São posturas que se registam.

Uma tripartição implicaria conflitos difíceis de ultrapassar entre os votantes de uns e outros. Não é o que se verifica.

Na minha secção, Benfica, aquela em que mais militantes votaram, mesmo ganhando o meu candidato, a maior parte das pessoas não tem nada contra a Dra. Manuela Ferreira Leite. Apenas gosta mais de Pedro Passos Coelho.
Até acho que há uma grande identificação entre os apoiantes destas duas candidaturas.
Também sei que há muitos votantes de Santana Lopes que aplaudem qualquer vencedor: não são fundamentalistas do candidato que gostam mais.

Para finalizar, por aquilo que sei, a maior parte dos militantes de base do PSD não são fundamentalistas. Ou seja, têm um militante preferido mas quando ganha outro esse passa a ser o seu presidente e não combatem nas trincheiras dos perdedores.

Por isso, para mim, é errado dizer que o PSD está tripartido. Não ajuda à pacificação. Bem pelo contrário.

xana disse...

PSD! PSD! PSD!


Não sei se gostei do discurso de PPC... ainda estou a reflectir.
Gostei da não hipocrisia de PSL.
Gostei da serenidade de MFL.

Margarida Balseiro Lopes disse...

Estou muito satisfeita com a vitória de MFL. Acredito que é a militante capaz de devolver credibilidade ao nosso partido.

Quanto ao discurso de Pedro Passos Coelho, tal como a sua campanha, foi marcado pela sobriedade. Aprecio a sua postura e será, certamente, um quadro de grande valor para o partido, agora e no futuro.

Santana Lopes esteve igual a si próprio. Deu "recados" a Menezes, deixando em aberto o que fará daqui para a frente. Pode ser a oportunidade de Santana concretizar aquilo que há tempos (se) (com)prometeu: criar o partido liberal.

Agora, o momento é de união para pensar 2009. Não clamo, no entanto, para que exista uma (im)possível concordância absoluta com as políticas da próxima CPN. Aliás, MFL disse-o: há que saber lidar com as críticas. A diversidade de opiniões fortalecerá o partido. Tornar-nos-emos mais fortes e capazes.

Com MFL, sei que teremos novamente um partido forte e credível: a marcar a agenda política nacional. Voltaremos a ser o mais fiel representante do povo português.

Diogo Agostinho disse...

Primeiro gostaría de dar os parabens sinceros a Manuela Ferreira Leite.

Acho que temos uma líder que não nos envergonhará.

O partido escolheu. Está escolhido. Até hoje sempre estive com os meus líderes. Lembro-me de admirar Cavaco, ir ao primeiro comício com Nogueira, vibrar com Marcelo, defender Durão, galvanizar-me com Santana. Depois dois líderes que não concordei com as suas capacidades para liderar o partido. Foram líderes de circunstância. Mendes não é um líder. É um excelente número 2. Se calhar o melhor do Partido. Mas Mendes, para mim roubou o lugar de Manuela. Era aquela a sua altura. Menezes foi o mal menor. Devolveu alguma projecção ao Partido, mas perdeu-se nos seus próprios labirintos.

Hoje, olhando para os 3 candidatos vejo 3 líderes. Gosto mais do estilo de Santana, vejo em Passos Coelho um futuro Presidente do PSD, mas Manuela também me sossega. Sei que será desde Santana o retomar de um Presidente que merecemos. A escolha está aí.

Irei defendê-la sempre contra o nosso adversário.
Não tenho um programa de televisão para falar mal de companheiros, mas mesmo que tivesse não o faría.

Também me parece excessivo dizer que exisitiram derrotados nestas eleições. Se calhar ganharam todos os que se candidataram. Mas, sobretudo ganhou o PPD/PSD.

Agora é ganhar. Tirar Sócrates do lugar que não merece.