quinta-feira, junho 12, 2008

Homem do Leme


Vai o Homem do Leme...embora!
É com uma enorme tristeza que recebi a notícia de que Luiz Felipe Scolari irá ser o próximo Treinador do Chelsea.
Este homem é uma força da natureza. Criou em nós portugueses uma onda de euforia, orgulho de cantar o hino e de usar a bandeira! Desde o 25 de Abril que quem tinha bandeira ou cantasse o hino com mais paixão era visto como um perigoso nacionalista.
Scolari transformou o nosso quotidiano de coitadinhos em sonho e orgulho.
Obrigado SCOLARI! Depois de ti ninguém!

29 comentários:

PVF disse...

Epá!! Nada disso. Deixemos este sentimento muito nosso do "Depois de mim virá quem de bom mim fará".

Vivemos sempre com a saudade no coração e na razão. E isso temos que mudar.

Depois do Sargentão, virá outro que só terá sucesso se nós lhe dermos a força que Scolari conquistou ( por mérito e oportunidade ) e o protegeu nos momentos menos bons.

Vamos levantar a cabeça e receber o próximo treinador do clube Portugal com a mesma alegria e apoio com que hoje estamos com a Selecção.

xana disse...

Diogo e se for o Santana?

Looooooooooooooooooooooooooool

(não resisto... já sabes!)

Diogo Agostinho disse...

LOLOLOL

Cada um no que sabe fazer bem!

antonio pessoa disse...

nao seria a primeira vez que pedro santana lopes saia da politica para encontrar lugar no futebol.
acho que ele é bom em motivação.

jfd disse...

Xana!
O que tu foste fazer ;))

Bruno disse...

Calma! O homem ainda não falou. Ou muito me engano ou estes vão levar a mesma corrida que os anteriores (Benfica e English FA)

Paulo Colaço disse...

Muito rapidamente, para subscrever na íntegra do comentário do caro Paulo Veiga da Fonseca.

Nélson Faria disse...

O Scolari foi um óptimo seleccionador, mas mentiria se dissesse que gosto dele como treinador.

É um grande líder de homens e fui-me habituando aos seus critérios e à sua forma de ser.

Respeito-o e desejo tudo de bom.

Só não tenho a mesma dúvida que o Bruno porque Scolari já anunciou aos jogadores e até temos as fotos do jantar depois do jogo em que ele anuncia com o Madaíl ao lado.

Que pensemos no Euro e depois que ele tenha sorte em Inglaterra... e que o Liverpool seja (finalmente) campeão ;)

Anónimo disse...

So n consigo perceber porque n houve renovacao do contrato antes do EURO

EM disse...

Olha lá, e se o Santana disser que sim, eih?? Nada mal pensado. O gajo ainda anda por aí. Têm que lhe dar qualquer coisinha, não é? FORÇA!!!!

Eu cá preferia o José Mourinho.

Nélson Faria disse...

Temos sempre o Manuel José, que se faz ao lugar há anos.

Tudo menos o Queiroz.

Tiago Mendonça disse...

O meu treinador preferido é o Mourinho. Mas para a selecção o meu favorito é mesmo Scolari. Não o trocava por ninguém. Seleccionar os 23 melhores, uma criança de 10 anos é capaz. Criar um ambiente favorável no balneário, dar a motivação necessária aos jogadores, ter posições fortes em momentos cruciais, colocar um país envolto de um sentimento de orgulho e de apoio à sua selecção nacional só uma pessoa especial, com características muito concretas poderá fazer. Acho que Scolari é fantástico para uma selecção, do tipo da Portuguesa ou da Brasileira. Vamos ver se continua em equipas a ter sucesso.

Sucessor...que só se fale disso depois do Euro.

Bruno disse...

Pois, parece que afinal é mesmo verdade. Ando menos em cima das noticias e por isso ainda não tinha a confirmação :(

Estou como o Né: desejo-lhe sorte mas não que seja campeão porque o meu Liverpool merece mais do que o Chelesea :P

Ao que parece, Deco vai com ele. Bem podia antes vir para o Benfica... Também a ele lhe desejo felicidades.

Acho que Scolari continua a mostrar ser muito esperto: no momento da qualificação, deixa que anunciem a sua saída para que todos fiquem com pena. Por outro lado ele sabe que os jogadores o adoram. Isso fará com que dêm ainda mais para ser campeões. Mais uma vez, sapiência na hora de reforçar o grupo!

Nélson Faria disse...

Rikjaard foi sondado

Tá de férias no Sul de Espanha e parece que um agente FIFA o abordou, mas sem proposta formal.

http://www.record.pt/noticia.asp?id=790945&idCanal=488

Era muito mau anunciar o sucessor já, ou saber sequer com que se fala.

Nós falarmos aqui numa de Prf. Bitaites é uma coisa, outra bem diferente são fugas de informação.

Karocha disse...

Leio-vos todos os dias.
Já sei que vou apanhar na cabeça, mas ele há coisas piores!...
Pró Nelson Faria
Olá Nelson só o conheço de nome, mas a minha opinião é que o "Sargentão" veio para cá para sacar dinheiro e como já não há mais vai-se embora! :-)))

Baia disse...

Se o "Sargentão" tivesse essa cegueira pelo dinheiro como foi sugerido já teria ido embora há muito tempo.
O Bruno já referiu o convite que Scolari recebeu da Federação Inglesa em 2006 ou do Valência, sendo que qualquer uma delas era bem mais vantajosa do que a que tinha na Selecção Portuguesa.
Ninguém pode ser hipócrita ao ponto de criticar a opção que tomou.
É o fim de um ciclo que dificilmente será igualado e resta desejar boa sorte ao Scolari nesta nova etapa e agradecer tudo o que fez pela nossa selecção e até mesmo...pelo país.

Bruno disse...

Sim, Karocha, não conheço ninguém que tenha vindo para a selecção trabalhar de borla :S

Aliás, Scolari foi um treinador caríssimo para o nível a que estamos habituados mas boa parte do seu vencimento foi suportado por patrocinadores que não teriam entrado se o escolhido fosse, por exemplo, Hiddink, outro dos nomes falados na altura.

De resto, convém lembrar que contámos com um treinador Campeão do Mundo que quando para cá veio era o detentor do título. Continuou a mostrar ser um grande treinador e vamos ver como se sai agora num grande campeonato europeu.

Bruno disse...

Sobre Rijkaard, só tenho a dizer isto: merecia o prémio de treinador mais burro do Mundo! Com verdadeiros super-plantéis conseguiu fazer porcaria atrás de porcaria (será que no Psico se pode dizer merda?!?!). E depois consegue embirrar com jogadores como Deco, Ronaldinho e Quaresma...

Mas concordo com o Né que, sejam quais forem os nomes, é muito mau começar a haver fugas de informação. Se bem que acho que até agora só tem havido uma coisa diferente: boatos!

Uma última nota para uma estupidez minha: esqueci-me de dar as boas-vindas à Karocha que inda por cima é nossa leitora habitual. Penso que foi o seu primeiro comentário e esperamos todos que seja o primeiro de muitos! Ainda por cima meti-me na conversa porque o comentário era para o Né mas a psicose faz dstas coisas ;)

Cassiano disse...

Ora eu sou um dos poucos que não gosta de Scolari, apesar dos méritos desportivos que conseguiu para Portugal. Eu não me consigo esquecer da arrogância que ele usava com os jornalistas portugueses e comentadores que, mal ou bem, questionavam as suas opiniões, e também não me consigo esquecer da agressão ao Dragutinovic que para mim dava direito a despedimento com justa causa.

Quanto ao timing, não sei se vai ser bom ou mau para a selecção. Mas lembro-me que em 2004 rompeu negociações com o Benfica (felizmente) porque houve uma fuga de informação e estávamos em pleno Euro. Em 2006 rompeu negociações com a Federação Inglesa porque estávamos em pleno mundial e agora anuncia a ida para o Chelsea com Portugal no Euro... mais uma das coerências do "Sargentão". Que não tenha sucesso em favor do meu Arsenal!

Quanto a quem eu queria ver na selecção eu diria Henk Ten Cat, o holandês que esteve no Barcelona de Rijkaard campeão europeu e ía fazendo Avam Grant campeão inglês e da europa... mas como não acredito nesta hipótese, tudo menos o Queiróz.

Baia disse...

Scolari teve diversas propostas desde que assumiu o cargo de seleccionador de Portugal. Estranho que nunca tenha aceite outras propostas que eram financeiramente mais vantajosas.
Quando o Bruno falou da primeira vez deste assunto, considerou estranha e nada coerente com as outras atitudes de Scolari. Eu tinha a mesma opinião, porém hoje que já foi confirmado que o acordo já existia antes do Euro compreendo perfeitamente esta opção. Aliás, hoje Scolari explicou isso na conferencia na Suiça. Todos nós ao longo da vida ambicionamos algo melhor, creio que faz parte da condição Humana não estar plenamente satisfeito. Pergunto eu: se tivessem uma oportunidade de evoluirem, financeiramente mais vantajosa e que constituisse um novo desafio, aceitavam? Quem está por dentro do futebol sabe que os clubes muitas vezes em fim de temporada já preparam a época seguinte e Scolari tinha uma oportunidade unica e aceitou.
Quanto ao futuro treinador é arriscado estar a colocar um adjunto qualquer com a esperança que se torne num novo Mourinho.
Mourinho é caso unico, tal como foi Happel que foi o primeiro treinador a "derrubar" o famoso Catenaccio, ou Arrigo Sachi, Erikson, Alex Ferguson, Trapattoni (unico a vencer todas as provas da europa) ou o Cruyff.

Cassiano disse...

A questão é que Ten Cat é tudo menos um adjunto qualquer! É hoje em dia dos homens que percebem mais de futebol a nível mundial. E dos nomes especulados até agora, daqueles que eu filtro como realistas, nenhum me parece melhor que ele.

Quanto ao Mourinho... os mitos por vezes têm um fim!

Baia disse...

Claro que sim!Mourinho não passa de um mito:).
Ganhar uma taça Uefa pelo Porto é capaz de ter sido um mito. Ganhar uma Champions por um clube português actualmente é notável, desde que saiu a lei Bosman o Porto foi o unico clube sem pertencer a um dos 4 colossos (alemanha, itália, espanha e inglaterra) a conquistar o troféu...talvez não passe de um mito...
Já para não falar de as premiership e recordes que quebrou quando teve no Chelsea. Nenhum treinador teve a "densidade" de conquistas que teve Mourinho...mas mais uma vez deve ser apenas um mito...

jfd disse...

Não foi isso que a Inês disse!!!
Ora lê lá de novo!!!
;)

Inês Rocheta Cassiano disse...

Jorginho, o Cassiano é o meu irmão e não eu! Eu estou afogada em estudo para os exames nacionais, até lá, I'm out!

jfd disse...

LOL
Eu tenho desculpa!
Tou a trabalhar e o ar condicionado tá desligado no edificio todo! :P

Cassiano disse...

Baía... sempre que eu digo isto há quem não consiga entender onde quero chegar, portanto devo ser eu que me faço entender mal.

Eu não retiro o mérito ao Mourinho, pelo contrário, o que ele fez no Porto é algo que não está ao alcance de qualquer um. A questão é que o sucesso não é eterno e o Mourinho apesar de ser o Deus de muita gente, está também sujeito à condição humana do erro, coisa que muita gente pensa que não (ele e Ronaldo são endeusados por tudo e por nada). E eu nessa altura quero ver se todo este endeusamento não vai acabar de forma repentina demais.

Bruno disse...

1ª nota: aqui há uns anos eu também falava assim de futebol (como o Baía e o Cassiano) e conhecia treinadores-adjuntos, júniores prestes a explodir, jogadores de segunda linha à espera de uma oportunidade... Agora vejo os outros falarem assim e digo: quem?!?! Isto deve ser um sinal de velhice, hehe!

2ª nota: percebo a aposta do Cassiano mas tenho que concordar com o Baía. A Selecção Portuguesa é já uma grande mundial. Somos candidatos a tudo o que entramos ainda que por vezes sejamos outsiders (como é o caso agora?). Não podemos por-nos nas mãos de alguém que não tenha provas dadas ao mais alto nível, ainda que não seja um "adjunto qualquer".

Última nota: este post está a entrar no espírito psico pois a discssão já começa a alargar-se a outras temáticas. É isto que eu adoro nesta maltinha :P

Nélson Faria disse...

Karocha,

muito fora de tempo já: Scolari veio para Portugal pela mesma razão que vai para o Chelsea - receber um bom ordenado num local com boas oportunidades desportivas (o Chelsea aí melhor que Portugal).

E não há mal nenhum nisso ;)

Cassiano disse...

O risco faz parte do futebol. O Barcelona acabou de apostar em Guardiola para seu treinador principal, vejamos no que dá. O Sporting apostou em Paulo Bento que era treinador dos juniores salvo erro há 1 ano apenas. O Quique Flores quando treinou o Getafe pouca ou nenhuma experiência tinha. O Mourinho, tal como foi dito, era adjunto. E outros casos há, mais ou menos famosos.

Agora treinadores de topo com provas dadas, fazem-se pagar a peso de ouro e não são fáceis de encontrar pois a procura por eles é muita. Alguns ficarão livres depois deste Euro... mas Portugal não vai querer contratar nem o Donadoni nem o Domenech, espero eu!