domingo, agosto 10, 2008

Wise Season

Bush disse que a China nada tem a perder ou recear com a liberdade de culto. Bush falava à saída de uma igreja protestante, em Pequim, onde assistiu a uma missa com a esposa.
Curioso, a época em que todos aproveitam para disparatar é usada por Bush para dizer algumas coisas acertadas.

13 comentários:

Paulo Colaço disse...

Nunca gostei da ideia dos JO em Pequim.
Nunca achei a China merecedora de uma honra que apenas pode caber a quem compreende o espírito das olimpíadas.

No entanto, ainda espero uma qualquer surpresa do regime. Ou será que o PC Chinês acha que pode mudar a sua imagem experior apenas com a magnífica cerimónia de abertura?

Será que a liberdade de culto está prestes a surgir na China?

José Pedro Salgado disse...

No que toca a Direitos Humanos e liberdades fundamentais, estes jogos estão a ser paradoxais.

Por um lado, a ideia de que toda a atenção do mundo em Pequim ia obrigar o regime chinês a alargar um pouco a corda saiu furada. De facto, numa tentativa de assegurar que não existam máculas que manchem o bom nome da China, as autoridades foram particularmente contundentes em algumas acções que empreenderam. Exemplos vão desde o encerramento compulsivo de fábricas para melhorar o ar em Pequim, até ao imprisionamento de centenas de activistas chineses, não fossem eles ficar com ideias.

Por outro lado, cada vez é mais unânime que a tendência que a China está a seguir é uma de maiores liberdades individuais (como a liberdade de culto), mas com um apertar das liberdades políticas stricto sensu.

Qual será o efeito dos JO em Pequim? Não sei. Mas tenho esperança que talvez consiga dar alguns passos em frente.

São os tempos depois dos JO que mostrarão.

jfd disse...

É tão verdade que existe liberdade de culto quanto existe liberdade de imprensa :P

Não sejas rápido a "papar" a lavagem que é feita dum regime opressivo e que não tem nada de respeito pelo que é mais essencial na vida humana.

O que vemos agora e nos entretém é feito com o sangue suor e lágrimas de MILHÕES de pobres chineses que nada mais são do que meios para a atingir um fim.

Quando à liberdade de culto, aconselho os documentários da BBC sobre o assunto, poderás encontrar na Net facilmente. Ficarás com outra ideia certamente.

Luís Nogueira disse...

"Não sejas rápido a "papar" a lavagem que é feita dum regime opressivo e que não tem nada de respeito pelo que é mais essencial na vida humana." - Subscrevo Jorge :)

Acho tudo isto uma grande hipocrisia, a começar no PC Chinês e a acabar no COI. Não creio que a liberdade ganhe mais expressão em todos os seus sentidos na China, depois destes JO.

Quanto a Bush e para quem viu em directo a cerimónia de abertura dos JO na Rtp2, na sexta feira à tarde, faço minhas as palavras de um dos comentadores.

jfd disse...

Olha Luís eu diverti-me com o que disse o comentador ;) Mas achei excessivo que assim tivesse comentado. Juro-te!
Pensei assim... "Porra, trata-se de um Presidente de um País... Alguém que comenta uma cerimónia deste género chamar o senhor quase de burro não fica nada bem..."

Fiquei incomodado... Serei pudico?

Luís Nogueira disse...

não acho. Eu também estranhei o teor das observações naquele momento, mas concordei com algumas coisas ditas...

jfd disse...

Também concordo! E até sou mais caustico ;)
Só acho é que o senhor, que não sei quem seja, não devia ter soltado o vernáculo daquela forma e naquele espaço ;)

José Pedro Salgado disse...

Oh Sr. Dias e Sr. Nogueira, primeiro que tudo, obrigado pelo atestado de "papado":

Quem o diz não sou só eu, tanto que eu fiz a referência "é cada vez mais unânime".

Ainda assim, o facto da China estar a alargar um pouco o nó, não quer dizer que a coisa não ande ainda a níveis intoleráveis.

No entanto:

"A journey of a thousand miles begins with a single step."
- Confúcio

Paulo Colaço disse...

ESTOU A VER O JFD NO DANCE TV DA SIC RADICAL!!!

jfd disse...

LOL

Sr Salgado, por acaso era para o senhor AB que disse que o senhor Bush disse algo de acertado ;)

Mas folgo em ver que tens mais fé nos Chineses que na resolução do problema energético mundial :P

Quase que aposto qual é o país que receberá mais medalhas... Quase!

Paulo Colaço disse...

ehehe, eu bem pensei que fosse para mim mas como o Salgado usou a carapuça achei que estava enganado.

Afinal, lá por ser AB não tenho de ter um alvo na testa ehehe.

Em todo o caso, eu subscrevo as afirmações de Bush (e as de Confúcio): o culto religioso pode ajudar o regime comunista a ter menos "problemas" pois o ópio do povo é um bom calmante da população...

Mas mais que isso.

Nunca achei a China merecedora da honra olímpica: a chama olímpica só deve arder junto daqueles que respeitam o seu significado.

E lembremo-nos que nos tempos ancestrais dos JO tinha lugar a chamada "paz olímpica", em que as guerras se interrompiam. (era uma forma de haver tempo para negociações de paz).

---

Agora uma pergunta: as inteligências do Comité Central Chinês estarão convencidas que mudam a opinião do Mundo apenas com aquela gigantesca cerimónia inaugural?
Prefiro que me respondam: "os chineses não se importam com a opinião mundial" a dizerem que é miragem um passo humanista do regime.

José Pedro Salgado disse...

E já agora, para quem tiver interesse, está aqui um blog de um membro do ECFR sobre a China:

http://www.ecfr.eu/content/entry/co
mmentary_daily_china_blog/

jfd disse...

Há uns dias atrás o jfd disse:

Quase que aposto qual é o país que receberá mais medalhas... Quase!