quinta-feira, agosto 21, 2008

A "amizade socialista"


O que dizer depois desta declaração? Será que Chávez andou a ter algumas aulas de economia? Ou não sabe guardar para si, uma conversa que teve para com um lider político de um estado "amigo"? Uma coisa é certa, José Sócrates deverá estar com as "orelhas a arder" perante esta vergonhosa, desprestigiante e inaceitável comparação, que foi feita entre os crescimentos dos dois países. De facto, nem Mário Soares, nem José Sócrates, nem o próprio Governo socialista nos disseram, que as relações económicas e a proximidade entre Portugal e a Venezuela, nos iriam trazer este tipo de declarações, que infelizmente neste caso, redundam numa grande verdade. Portugal não tem reservas de petróleo para crescer economicamente a 7,1%. Mas tem um Primeiro Ministro fraco e dualista nas suas opiniões, que pelos vistos diz aos seus homólogos estrangeiros que o nosso país está "estancado" economicamente, optando por um discurso diferente dentro de portas. Infelizmente não é preciso dizer mais nada...


13 comentários:

Luís Nogueira disse...

Quem "negoceia" e faz "amizade" com lideres políticos ao estilo de Chávez, habilita-se a este tipo de comparações. Chávez pela sua postura e condição de important player internacional, graças ao petróleo, tem uma grande visibilidade e por isso, ficamos todos mal nesta fotografia.

Paulo Colaço disse...

Quem se deita com meninos acorda molhado!

Olheiro disse...

O primeiro-ministro começa já a acusar o desgaste e a ressentir-se do cansaço das funções que ocupa neste já longo mandato e isso torna-se claro nos pequenos erros que têm vindo a ser cometidos por ele próprio neste ano. Neste episódio o Engenheiro José Sócrates volta a demonstrar que é um bom contador de histórias e que ao longo deste seu mandato tem contado várias histórias ao país como um vendedor faz do seu produto e o país tem acreditado.

A criminalidade que o país atravessa, o sentimento de impunidade com que criminosos sentem é algo que cada vez mais revolta as pessoas de bem, pessoas estas que se sentem oprimidas por uma máquina fiscal injusta, mas também por um excesso de burocracia que emana de Bruxelas. O PSD tem aqui o seu espaço político para aparecer com soluções a prioridade dele deve ser a Justiça e os valores da família.
Numa época de incertezas que é consequência de uma globalização a estabilidade é algo que ganha cada vez mais importância e o seio familiar pode incutir alguma estabilidade que as pessoas anseiam por ter nas suas vidas. A Justiça é um sector que também tem sido desprezado por este Governo no mercado a simples incerteza de saber se quando se faz um serviço este vai ser pago é um desincentivo ao aparecimento de novas empresas e um incentivo ao não cumprimento das obrigações das empresas.

Esta é apenas a apresentação á boa maneira da internet neste blog que já visito á algum tempo.

Nélson Faria disse...

Isto num debate parlamentar é mel!

ó xô PM, mas afinal estamos a crescer ou estamos estagnados?

Mas melhor que isso é acabar as intervenções com:

Agradecia sr. PM, se não fosse muito incómodo, que nas respostas com que nos vai agraciar nos brindasse não com a lenga-lenga de todos os dias, mas com o estado do País que discute com o seu amigo Chávez

eheh

Bruno disse...

Mais do que acordar molhado como diz o Colaço, o problema é que mais depressa se apanha um mentiroso do que um côxo ;)

Aproveito para dar as boas vindas ao Olheiro e esperar que os comentários se multipliquem agora que perdeu finalmente a virgindade psicótica :P

Né, grandes alfinetadas!

Luis Melo disse...

Se o assunto não fosse sério, eu largaria aqui uma enorme gargalhada. Não há duvida que o nosso PM se entalou largo com esta.

Obviamente que isto será pretexto para nos próximos debates parlamentares, os deputados da oposição, fazerem o que o Nelson disse... e muito mais.

Paulo Colaço disse...

Caro Olheiro,
que venham mais participações.
O psico não é só dos psicóticos mas também daqueles que contribuem para o aprofundamento dos temas que aqui vamos trazendo.

Que a Psicose esteja contigo!

Nuno Gonçalo Poças disse...

Começa a ser excessivo o número de chefes de Governo e de Estado que gostava de ver Chavez calado...

Tudo isto é ridículo.

Olheiro disse...

Obrigado pelas palavras de incentivo.

Paulo Colaço disse...

Para além das palavras de incentivo, deixo-te uma de alerta: olha que a psicose é viciantes.
;)

Bruno disse...

Tão viciante que o Colaço até a classifica no plural, hehe!

Leandro Esteves disse...

Agora compreendo aquela célebre gaffe do PM, que afinal não era gaffe,talvez o PM tenha estado a conversar com o CHAVEZ antes de fazer aquela declaração pública: "cada um de nós tem de dar o seu melhor para criar um pais mais justo,um pais mais POBRE...

Ele já deu o seu grande contributo.

Pena que só fale verdade para os seus amigos, que são pessoas de uma credibilidade internacional incrivel.

Aqui o povo tem razão " diz-me com quem andas... nós ja sabemos quem ele é...

Carlos Carvalho disse...

A verdade vem sempre ao de cima...