sábado, abril 19, 2008

O Homem-Bomba


Filipe Menezes é o pior presidente do PSD de todos os tempos!

Hoje li declarações de LFM a chamar “mandante do terrorismo interno” a Ferreira Leite. Quando lhe pediu ajuda para derrubar Mendes e ser sua Presidente de Mesa já não achava o mesmo. Ferreira Leite não mudou em nada, a visão de LFM é que vai “evoluindo”…

Todos sabemos das críticas que LFM fez a Mendes devido ao prazo das directas. Menezes quis encurtá-los (sendo agora obrigado a recuar). De quanto tempo será a memória de Menezes? Uma semana? Dois dias? Cinco minutos?

São tantas e tão disparatadas as conferências de imprensa que o PSD de Menezes convoca que há jornais que já enviam estagiários para nos ouvir. A gota de água foi o caso Câncio.

E quando lavou as mãos no caso Somague? Onde está a solidariedade de assumir os erros do passado? Onde está o sentido de Estado?

E que dizer dos regulamentos novos? Eu sabia que o património de credibilidade estava em risco com a eleição de Menezes…

O nosso grupo parlamentar, já liderado por Santana, propôs uma mudança na gestão escolar, Menezes classificou-a de “um absurdo”. Se conhecia a proposta e não gostava, como permitiu que a apresentássemos? Se a desconhecia, que tipo de declaração foi aquela? Um puxar de tapete falhado ao líder parlamentar?

Menezes fez “carreira” para líder segundo a regra: tenho de dizer o contrário de Mendes em tudo! Tramou-se. Passado dias estava num dilema: manter o que dizia mesmo que isso significasse ter opinião igual à de Sócrates ou desdizer-se para ter elementos diferenciadores do PM. É o que acontece a quem tem opiniões baseadas em oportunismo e não em convicção.

Aconteceu isso logo na discussão do novo Tratado, em que “obrigou” o partido a mudar de opinião e defender ratificação parlamentar. Lamentável. Há défice de conhecimento europeu e o cavalheiro alinha com um PM que pretende manter as coisas assim!

Filipe Menezes terá dito que só sairia à bomba. Tinha razão. O que ninguém sabia era que a bomba era o próprio. Explodiu-se. Veremos que a insensatez chega ao ponto de o tentarem ressuscitar.

38 comentários:

Paulo Colaço disse...

A quem foi ao engano em Setembro de 2007: errar é humano, persistir no erro também.

Nas próximas directas, votem em quem vos apetecer.

Filipe de Arede Nunes disse...

Grande post Colaço.
Os factos são isso mesmo, factos!
As opiniões, subscrevo-as integralmente.
Agora é hora de todos juntos colocar-mos o PSD novamente na linha da sua tradição histórica de um partido responsável, inteligente, com um programa e um projecto para o país.
É hora de nos unir-mos em torno de alguém capaz de personificar os valores de um partido que foi timoneiro na construção da democracia no nosso país.
É hora de começar finalmente a fazer oposição a Socrates e a este governo PS.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Bruno disse...

Essa do homem-bomba é muito boa! Realmente parece que Menezes teve uma atitude suicida... o problema parece ser, para já, que não avisou os que o acompanhavam e estes estão com medo de levar com os estilhaços ;)

jfd disse...

Para mim, parece-me tudo demasiado artilhado para que tenhamos a linha de pensamento que estamos a ter...
Demasiado linear...
Não sei se é psicose ou paranóia ou o que é...
Mas na volta, eles estão a ser uns verdadeiros puppeteers, e ainda está para se revelar o puppet principal...

Aguardo ansioso, próximos desenvolvimentos:)

No que toca ao Post do Colaço, boa recolha (não exaustiva - infelizmente) das trapalhadas. Excelente título, lembrou-me o saudoso

Estou com o optimismo do Filipe, mas quem será? O tal puppet???

Filipe de Arede Nunes disse...

Errata 1: onde se lê unir-mos, deve ler-se unirmos.
Errata 2: onde se lê colocar-mos, deve ler-se colocarmos.
As minhas desculpas pelos lapsos.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

António Trindade disse...

Não vou aqui opinar sobre Menezes ou Mendes ou seja lá quem for o líder ou militante com responsabilidades no PSD.
O PSD precisa de sair desta "batalha de líderes", de "treinadores de bancada" de "críticos sem provas dadas".
Espero mais uma vez, que o futuro presidente do PSD tenha condições para assumir um projecto para Portugal e não para as "marias" do PSD. Às vezes tenho a sensação de que quanto mais perto estamos das legislativas mais nervosismo e vontade de chegar a frente tem despertado. Se assim é quantas eleições podemos ter até Outubro do próximo ano?
Portugal espera pelo PSD.
Se nada fizermos a máquina de José Sócrates partirá muito perto da meta.
Agora o PSD terá de escolher, se quer acompanhar, ou se quer continuar a ser caranguejo.

Paulo Colaço disse...

Caro António,
um forte abraço pela tua visita a este espaço e pelo comentário.

Quero realçar um excerto do teu texto: se nada fizermos, o PS de Sócrates fará um alegre passeio rumo à segunda maioria parlamentar.

Leva-me isto a dizer que os "maus" só ganham quando os "bons" nao se empenham a sério.

Empenhemos o nosso melhor esforço para recuperar a energia do PSD!

Bruno disse...

Nas mesmas declarações em que LFM chama "mandante do terrorismo" interno a MFL, disse mais ainda:

“Agora há outros que estão a fazer contactos aí nos bastidores. Chegou a altura de não serem calculistas, de serem mesmo (candidatos) para se demonstrar na prática se são capazes, não de ganhar o partido, mas de ganhar o país, até porque a maior parte deles quando passou pelo Governo foi o caos. E muitos deles durante estes seis meses não deram o um contributo para a afirmação do partido. Sabe que contributos deram? Telefonemas para o presidente do partido para não fazer investigações aos ‘off-shores’, para não fazer investigações ao Banco de Portugal, para não mexer em determinados assuntos, para estar quieto, ou então continuaram a pedir audiências na minha câmara municipal ou noutras para tratarem dos assuntos referentes às assessorias que têm por esse país fora"

Que sentido de responsabilidade! Que postura de Estado! Que grande atitude para um Presidente demissionário, num partido que caminha para uma dos mais agitados anos eleitorais da sua história... Obrigado sr Menezes!

Paulo Colaço disse...

Sabes, é que com este tipo de comportamentos ao longo destes meses, Menezes conseguiu uma coisa: agora qualquer militantes se acha capaz para ser líder do PSD.

O modesto Patinha Antão anunciou pré candidatura, dizendo-se instado por "algumas pessoas".

Isto depois de ter sido dos primeiros a exortar Menezes a ser de novo candidato.

O Público diz isto há dias:

«O deputado do PSD Mário Patinha Antão juntou-se aos apelos de Fernando Negrão e dos líderes das distritais do Porto e de Beja para que o presidente demissionário do partido se recandidate nas eleições directas pedidas para Maio, subscrito também pelo presidente da Câmara da Maia.

“Não só apoio como exorto o dr. Luís Filipe Menezes a recandidatar-se”, disse o deputado aos jornalistas, no Parlamento, afirmando-se “convencido de que [Menezes] continuará a liderar o partido” e que tem condições para ganhar as eleições.»


É verdade que, com Mendes, tivemos também uns cromos a dizer-se candidatos. Não passavem de cromos que queriam 5 minutos de antena. Patinha Antão não é cromo. É Deputado e algumas vezes dado com ministeriável para as Finanças.

Bruno disse...

Por acaso até acho o Patinha Antao um verdadeiro "cromo". Não no mau sentido mas no sentido em que é um tipo que dá nas vistas, que tem um estilo próprio de intervir ;)

Maria Inês disse...

Os meus parabéns ao Paulo pelo óptimo post que escreveu :)

Vamos ver se o tiro não foi intencional por parte do (ainda) líder do Partido. É que eu só consigo ver uma razão para as eleições serem convocadas com tanta pressa: uma recandidatura de LFM.
Reparem, se ele se recandidata, o facto de as eleições serem já em finais de Maio não permite uma organização pensada e segura de nenhuma oposição que se preze. Ora, com deficiências na oposição, o LFM (que não deixou de ter apoiantes, porque todos os oportunistas têm apoiantes -maioritariamente- da mesma laia) corre o sério risco de ganhar as directas. E, nesse caso, continuará provavelmente a ser um líder tão mau como antes mas tem uma pequena (grande) vitória: ele pode ser mau, mas foi a votos internamente e terá ganho. E, aí, quem será oposição interna?

Claro que isto é cenário inexistente se LFM não se recandidatar. Mas até ao lavar dos cestos é vindima...

E, já, agora, o Rui Rio candidata-se...ou não?

Paulo Colaço disse...

Obrigado pelas suas palavras, Maria Inês, e bem-vinda ao Psico.

Uma nota: creio que os comentários estarão a passar ao lado da primeira frase do meu post: será MESMO Luís Filipe Menezes o pior presidente que este Partido já teve?

Nélson Faria disse...

Poderá ter sido dos Presidentes mais úteis que o PSD teve. LFM provou a todos os calculistas que os partidos não são para sempre, que não vale a pena guardar-nos à espera de dias melhores para avançar... pois o partido pode não estar no mesmo sítio quando entenderem ser a hora deles.

Na linha da análise da demissão dele que o Colaço fez noutra caixa de comentários, se ele não se recandidatar poderá ter sido um Presidente muito útil e uma experiência que não devemos esquecer.

Mas este legado só valerá de alguma coisa depois das próximas directas.

Candidatura de Rio... está-se à espera. Eu estou optimista (moderado, mas digamos que as informações que vêm daquele lado são favoráveis).

Nélson Faria disse...

Às vezes tenho a sensação de que quanto mais perto estamos das legislativas mais nervosismo e vontade de chegar a frente tem despertado. Se assim é quantas eleições podemos ter até Outubro do próximo ano?

Estas são palavras do António Trindade. Antes de mais, grande abraço António.

É uma preocupação pertinente que eu leio desta forma: a atração das legislativas está intimamente relacionada com a purga que LFM se estava a preparar para fazer no partido. E há declarações públicas de LFM e de Ribau no sentido de fazer um grupo parlamentar balcanizado, com os seus senhores e sem espaço para outras tendências do partido.

É um comportamento inexplicável e sem paralelo no nosso Partido: há muitas divergências internas, mas o Partido é só um e não é propriedade de ninguém.

LFM dedicou-se, desde o primeiro minuto, a ser Presidente do PSD. O Presidente do PSD deve querer ser Primeiro-Ministro de Portugal, não agarrar-se ao cargo à espera que o poder lhe caia no colo... foi isso que condenou Marques Mendes.

Luís Nogueira disse...

Não sei se LFM foi ou não o pior Presidente do PPD/PSD até hoje, pois para fazer uma avaliação dessas teria de conhecer profundamente o partido. Algo que infelizmente ainda não consegui fazer.

Sei que teve ideias e tomou posições com as quais me identifiquei e outras que foram para mim uma total desilusão, desde o começo do seu mandato.

No entanto, faço minhas as palavras do Nélson, quando diz que: "se ele não se recandidatar poderá ter sido um Presidente muito útil e uma experiência que não devemos esquecer".

Ao fim ao cabo, a inovação que LFM trouxe à arena política foi o "populismo das bases", contra "os senhores dos salões".

Para quem é mais inter classista, este argumento sortiu efeito, pois apresentava uma aura utópica, em que todos os militantes teriam a possibilidade de escolher os seus representantes nos orgãos de soberania nacional.

Já o corpo da "elite política", sempre olhou com desconfiança para a capacidade de escolha das "bases", que na sua opinião, sempre foram facilmente mobilizadas e ludibriadas em nome de interesses maiores de alguns.

Não quero com isto dizer, que defendo LFM e as suas posições "pro-bases" ou as elites e as suas "considerações de força maior". É apenas uma análise que faço, com a consciência de que um partido de massas como o PPD/PSD precisa destas duas realidades.

Necessita das elites do país, dos seus quadros superiores, médios, baixos, dos trabalhadores rurais, urbanos, qualificados ou não, pois todos eles foram responsaveis pela construção do PPD/PSD.

Mais do que perguntar se LFM foi ou não o pior ou melhor presidente que já tivemos no partido, devemos sim, questionar qual a identidade que queremos para o PPD/PSD do século XXI? Que ideias queremos defender? Que soluções temos para os desafios do país? O que fariamos de diferente e melhor, face às demais forças políticas?

Estas são as questões sobre as quais o país real se interessa e às quais teremos de responder. Pois as questões internas dos partidos, já pouco ou nada dizem ao cidadão comum...

Bruno disse...

Eu não conheci todos os Presidentes do PSD para me poder pronunciar... Não me lembro de nenhum com motivações tão mesquinhas como LFM mas é possível que outros também as tenham tido e eu não saiba...

No que diz respeito ao passar de mensagem para o eleitorado, o agora "senhor credível" Marcelo não fez muito melhor serviço... E ainda tentou arrastar o partido para uma coligação que ninguém queria, fazendo birra e promovendo votações "obscuras"...

Até por isto, fujo um pouco da hierarquização que o Colaço nos desafia a fazer. É que se é para comparar o pior de cada um, vamos estar por aqui a lavar roupa suja e penso que podíamos aproveitar o momento para, como diz o Luís, pensar no PSD que queremos.

EM disse...

Bom post, Paulo Colaço.

Luís Filipe Menezes fez umas declarações "bombásticas". Foi um desabafo, com as orelhas ainda a ferver.

Fez-se de vítima, insultou os seus críticos excepto Pedro Passos Coelho (já estão a ver o filme ou não?), comparou-se a Jesus Cristo (!), e sei lá que mais.

A resposta do Luís Nogueira toca um ponto fulcral. Como se comportam as bases do PSD, e acima de tudo, qual será o futuro do PSD?

Quanto às bases, continuo a achar que uma regulamentação forte das Secções (juntamente com a sua informatização) possibilita quebrar o "mito" de que as elites desconfiam das bases por serem facilmente controladas.

Menezes pertence felizmente ao passado do PSD, é altura de planear o seu futuro.

Paulo Colaço disse...

Patinha Antão disse à SIC Notícias que era candidato.

Dois dias antes apoiara a recandidatura de Menezes, situação que não está posta de parte.

Parece que não é apenas LFM que tem um disco rígido pequeno para guardar as coisas que diz.

Paulo Colaço disse...

Palavras de Ângelo Correia:
“Menezes disse na quinta-feira e repetiu na sexta que não se recandidatava. O Dr. Menezes é um homem de palavra.”

Com amigos destes o Dr. Menezes não precisou da ajuda dos adversários para cair da cadeira…

Paulo Colaço disse...

O DN diz que Menezes será candidato se Rui Rio também for.

E diz que o vereador de Gaia, Marco António Costa, é portador de umas notas com a estratégia política de Menezes.

Será possível que Marco António Costa se prepare para anunciar a sua candidatura? Parece absurdo? Vejamos à frente: o vereador de Gaia apresentava a candidatura. Sendo quem é, toda a gente se acharia melhor, com mais imagem e aceitação. Aí começariam a chover candidatos (incluindo, quem sabe, Rui Rio) para, no final, Menezes dizer: "a pedido de muitas famílias, eu candidato-me”

Não, esqueçam o que eu disse.
É que às vezes deliro... :)

Tiago Sousa Dias disse...

Marco António Costa não será candidato, Jamais!
Excepto se for.
Colaço acho que isso é mesmo um pequeno delíreo e vou-te pedir um grande favor a bem do partido: delira em privado porque se a coisa se ouve podes dar ideias indesejáveis a muito boa (ou não) gente.
Acho que o momento actual está a ser delirante. Chovem candidaturas e mais uma vez ainda nenhuma convence. Pedro Passos Coelho apresentou-se como candidato e esse sim parece-me que fez bem. Foi desde sempre contra a actual liderança e agora foi consequente. Está a ser coerente e corajoso. Acho, porém, que não vai ter consistencia (no que aos votos dirá respeito) para conseguir ganhar o Partido, mas quiçºa não ficará ele referenciado para o futuro? Confesso que tenho grandes expectativas relativamente a PPC, sou fã.
Já quanto aos outros candidatos... Haverá muito a dizer de Henrique Neto? E Patinha Antão? Acordou bem disposto o Senhor e lembrou-se de ser candidato?
José Pedro Aguiar Branco é um excelente homem do Partido, bom Ministro da Justiça mas nada no seu perfil se encaixa no perfil de um líder. Além de que a sua história no partido é minima e não justifica o lançamento de uma candidatura.
Coerente também, mas nele vem à tona mais do que a coragem, a ambição.
Veremos.

Nélson Faria disse...

Eu acho curioso que Ângelo Correia esteja tão interessado em fechar a porta a LFM. Será que ele consegue convencer a ala menezista a apoiar PPC?

E será que PPC quer ser apoiado por essa ala?

Bruno disse...

Eu acho que Passos Coelho quer ser apoiado por todos aqueles que estejam disponíveis para o apoiar. Não me parece que esteja em altura de recusar apoios.

Quanto a Menezes recandidatar-se ou não, deixo mais uma informação: a CPN acaba de cancelar o almoço/convívio de 25 de Abril que ira realizar-se em Grândola, a Vila Morena. Parece-me cada vez mais que Menezes vai deixar a "vaga de fundo" a pregar no Deserto...

Nélson Faria disse...

Eu concordo que PPC quer o apoio de todos... mas será que quer de toda uma ala que está no poder no partido e tão fiel a LFM?

Uma coisa é pescar à linha, outra completamente distinta é comprar por atacado. Isso pode resultar numa Revolta na Bounty :)

Paulo Colaço disse...

Cancelou o jantar em Grândola?
Mas não foi Menezes que disse que assumiria todos os compromissos que tinha agendados enquanto líder do PSD?

Nuno Leão disse...

Ele é um martir!!!Como Homem-Bomba agora só lhe resta ter a espera 100 virgens no ''paraiso'' que suponho que seja em Gaia.LOLOLOLOL

Filipe de Arede Nunes disse...

Colaço,
Ainda ficas surpreso com o que diz, faz, pensa Menezes?
Se eu fosse candidato não queria o apoio da ala Menezistas! Nem que isso me custasse a eleição.
O PSD tem de se reformar. Acredito que o principal trabalho do próximo Presidente - se não for da ala Menezista - é limpar o partido. Há ali gente que não interessa a ninguém.
É preciso ter coragem para se poder desde já assumir uma derrota em 2009 e preparar o partido para ser uma alternativa séria, credivel, organizada, com projectos e ideias para as eleições que se possam seguir. O estilo demagógico e populista é que não pode continuar.
Vejo finalmente, uma luz ao fundo do tunel.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Paulo Colaço disse...

Tens razão, Filipe: I should know better...

xana disse...

Recebi uma mensagem de Lx: "menezes demite-se"

Estava uma noite bem fria em Bruxelas, mas a minha primeira reacção foi: que bomba caiu enquanto aqui estive!?

Afinal, a bomba caiu mesmo em Setembro de 2007... algum dia tinha que rebentar...

Ressalvo o facto de ter perguntado imediatamente, o que se tinha passado. Até agora, não encontro nenhuma explicação plausível.

Parece-me primeiro, birra, e depois, uma espécie de manobra de diversão alicerçada num discurso de vitimização vergonhoso e perigoso. Totalmente irresponsável, para quem se diz ser alternativa para PM.

Gostei da analise do psicótico Tiago Sousa Dias quando cheguei ao pé dele: "O homem é bipolar".

Pois...

Nélson Faria disse...

Na onda do que diz o Filipe o mais importante é arrumar a casa, serenar o partido. Acabar com a balcanização e com os líderes de facção que acabaram por chegar a presidente.

LFM demitiu-se porque se apercebeu para onde ia: estava escrito nas estrelas que quando lhe apertassem finalmente o garrote ele já não sobreviveria. Era para ser de Setembro a Dezembro... ele não aguentou uma entrevista de Aguiar Branco.

Nélson Faria disse...

Zita Seabra alegou ontem no Prós&Contras que a gota de água era a capa da revista do Correio da Manhã de sexta-feira em que se falava da vida pessoal e familiar de LFM.

Se havia coisa que pensava que todos tínhamos aprendido com Santana é que uma vez expostos à imprensa cor de rosa estamos sujeitos ao seu escrutínio. Não podemos ser capa da NovaGente e outras que tais e ficar feliz com isso, receber elogios das tertúlias cor de rosa e depois revoltar-se quando revelam pormenores menos simpáticos.

Vive pela espada, morre pela espada.

Paulo Colaço disse...

Ora pois.
"Quem não é bom para comer não é bom para trabalhar", diz-se na minha terra.

Quem não está disponível ao escrutínio público não serve para a vida pública.

Sá Carneiro era injuriado pela relação com Snu Abecassis. Nunca deu parte fraca.

Durante a campanha eleitoral, soubemos de boatos acerca da sexualidade de Sócrates: não foi por isso que ele desistiu.

Pessoalmente, acredito mais na tese da Margot: Menezes demite-se por impulso de momento e agora os seus não sabem como lidar com a situação!

jfd disse...

Sá Carneiro era injuriado pela relação com Snu Abecassis. Nunca deu parte fraca.

Não foi o PS parte importante desse ataque???
Não é agora o PSD que ataca a "senhora" do PM?
Será caso para se dizer pela boca morre o peixe?

;)))

Paulo Colaço disse...

Não: gente do PS terá atacado eventualmente com motivos eleitoralistas, mas a parte de leão dos ataques veio da direita conservadora.
Creio que o Bispo do Porto recusou-se a receber o casal se Sá Carneiro se fizesse acompanhar de Snu num certo evento social.

Refira-se que Snu foi, no seu tempo, uma das pessoas mais importantes e fundamentais na divulgação de escritores portugueses e estrangeiros.
Enquanto fundadora da D. Quixote, ajudou a dar "novos mundos ao Mundo", nas saudosas palavras de Fernão Lopes.

José Pedro Salgado disse...

Isso não foi o Camões?

"Que se o facundo Ulisses escapou
De ser na Ogígia ilha eterno escravo,
E se Antenor os seios penetrou, Ilíricos e a fonte de Timavo;
E se o piedoso Eneias navegou
De Cila e de Caríbdis o mar bravo,
Os vossos, mores cousas atentando,
Novos mundos ao mundo irão mostrando."

jfd disse...

Colaço, o Salgado não nos deixa dar uma frase em falso!
Bendito!

LOLOLOLOL

Bruno disse...

Estamos tão diferentes... sempre fomos especialistas em "avacalhar" posts mas agora começamos em Menezes e acabamos em Camões! Ora aí está como qualquer coisa pode ser melhorada por muito má que seja à partida :P

Paulo Colaço disse...

Bem, a doutrina vai divergir.
Tenho em memória que foi Fernão Lopes, apesar desse poema camoniano.
Enquanto procurava justificar esta teoria, encontrei algures (raios, não a consigo reencontrar) uma fonta que atribui a Gomes Eanes de Zurara essa expressão.

Fará algum sentido porque a estudei como algo que aparecia ligado à ida para Ceuta, e GEdZ era cronista a esse tempo (substituiu Fernão Lopes no cargo)