quinta-feira, abril 17, 2008

Hino ao futebol!


Foi de longe o melhor jogo da época!

São estes jogos que servem para demonstrar a paixão que o futebol desperta!

O povo precisa de futebol! Mais alguma modalidade ou algum político nos dá esta emoção?

Foi uma noite memorável!

38 comentários:

Nélson Faria disse...

Eu vi o jogo calmamente enquanto jantava com um sportinguista. Foi o melhor jogo da época e mais jogos deviam ser assim.

O Benfica está claramente com problemas na defesa, ainda que na pressão atacante seja excepcional.

Mais uma vez sóbrio e sem grandes alaridos: há muito que não entro em duelos da 2ª Circular, festejem a sério se ganharem ao Porto.

jfd disse...

Realmente, e embora derrotado (habituados né Bruno?), foi um jogão.
Não vi ao vivo. E como sou um sucker pla tecnologia, fui acompanhando a mega produção multiplataforma da SIC. Em Portugal marcamos pontos em hi-tec! ;)

Bruno disse...

Não considerem esta minha discordência como "ressabianço" pela derrota mas não concordo que tenha sido o melhor jogo da época. Acho que foi o mais emotivo, isso de longe! Foi um jogo agradável de seguir, principalmente pela marcha acelerada do marcador na fase final. Mas daí até ter sido um grande jogo vai uma grande distância.

Explico porquê: o Sporting fez um péssimo início de jogo que o Benfica soube aproveitar. Depois o Sporting reagiu e limitou-se a ir trucidando uma equipa (?) completamente desmembrada e entregue à sua sorte, com falta de inteligência, maturidade e liderança.

Ou seja, na minha opinião, tratou-se de um jogo ao estilo dos que eu fazia com um grupo de amigos há uns tempos em Linda-a-Velha. Ninguém gostava de defender, não havia guarda-redes fixo (íamos rodando à baliza) e a organização era pouca.

Normalmente os jogos acabavam 10-9, 14-11, 12-5... tudo resultados por aí e a diferença tinha mais a ver com a desmotivação pontual de uma ou outra equipa por uma fase ou sequência de jogadas menos conseguida. Uma coisa vos garanto: eram jogos emotivos mas muita mal jogados ;)

Nélson Faria disse...

Ok, aceitando a distinção do Bruno: então qual foi o melhor jogo da época? Todos os outros foram soporíferos e mal jogados :)

Este, ao menos, não foi soporífero eheh

Bruno disse...

Ora, o Né relembrou aqui a importância de questionarmos sempre o que dizemos. Questionou o que eu disse e eu, que não me tinha questionado a mim próprio o suficiente, apercebi-me de uma falha: vi poucos jogos esta época para poder falar de qual foi o melhor.

Praticamente só vi os jogos do Benfica. Gostei muito do Benfica-Marítimo e do Vitória de Guimarães-Benfica. Juntaram à emoção, luta, boas jogadas, bons golos. É verdade que o Benfica ganhou em ambos e posso estar a ser tendencioso por isso...

Também gostei da final da Taça da Liga entre Vitória de Setúbal e Sporting mas esse foi demasiado táctico, muito por culpa do Sporting. Mas devido à grande exibição do Vitória, cujos jogadores se transcendem frente aos grandes (excepção feita ao jogo de 3ª feira com o Porto - coincidências...) e ao que obrigaram o Sporting a correr e trabalhar foi um belo espectáculo.

Nélson Faria disse...

A final da taça da liga foi a maior maçada que eu vi este ano...

Vi a custo os primeiros trinta minutos depois andei a saltitar entre esse e outro jogo de um outro campeonato qualquer. Provavelmente o Real Madrid.

O jogo com o Guimarães foi realmente muito bom. Mas, só para vermos todas as variantes, a melhor exibição do Benfica foi contra o Boavista e ficámos a zeros. E demos 6-1 ao Boavista (acho que foi isto) na Luz e nem estivemos perto de jogarmos tão bem.

É a vida!

O melhor jogo que vi este ano, dos jogos todos, foi o Real Madrid 2 - Valencia 3. Os meus blancos perderam mas foi um grande jogo. A equipa mais avassaladora: Real Madrid 7 Valadolid 0

Diogo Agostinho disse...

Assistir a este jogo calmamente não é fácil!

Achar que este jogo não foi o melhor também não se compreende! Podem citar todos os jogos do Benfica, mas o que é certo é que marcar 5!!!!!!!!!! Golos em 26 minutos é digno de registo, e não foi um jogo de amadores! Era contra a melhor equipa do Benfica nas últimas décadas (palavra de Luis Filipe Vieira, ainda Presidente do Benfica).

Acho que foi de longe mesmo o melhor jogo! Porque futebol assim dá gosto de ser visto! Pode ser muito técnico-táctico mas ontem não! Foi emoção foi o psicológico que venceu. A força da motivação, da inspiração e da garra!

Um verdadeiro Hino!

Bruno disse...

Conhecendo o Diogo percebe-se que este jogo tenha sido o melhor, para ele. Ele é 99% emoção e este jogo foi realmente emotivo. E - atenção! - o facto de eu dizer que não foi um jogo bem jogado não quer dizer que não tenha mesmo sido um Hino ao Futebol. E foi!

Mas é como dizes, Diogo: marcar 5 golos é digno de registo. Só não foi - como sabes - à melhor equipa dos últimos 10 anos ;) Foi a uma defesa completamente apática que, apesar da fantástica invenção de Chalana ao jogar com dois laterais esquerdos, não mostrou a mínima capacidade de estancar o ataque do Sporting.

E mais, a forma como o Sporting sofre o 3º golo benfiquista é pouco mais do que vergonhosa. Se eu fosse treinador daquela gente tinha-os deixado festejar ontem mas hoje haviam de arranhar forte e feio e viam aquele lance em vídeo pelo menos umas 50 vezes ;)

Se bem que isso seria perigoso porque ainda alguém se lembrava de perguntar ao treinador porque raio deixou o Grimi a jogar lesionado tanto tempo, hehe!

Luís Nogueira disse...

Foi um bom jogo, mas como sempre de quem menos se espera, trama sempre o Benfica. Desde o Djaló ao Ninja, ambos dados como "afastados" a meio da temporada, tinham logo de fazer o jogo da época frente ao SLB... Enfim... Espero pelo menos que fiquemos nos 3 primeiros.

Inês Rocheta Cassiano disse...

Como diz o Né, venham mais destes jogos (obviamente, com um resultado um pouco diferente o espero).
Em menos de 30 minutos, o Sporting marca 5 golos para 1 do Benfica. Será caso para dizer que esta defesa já teve melhores dias (como é que se compreende os espaços deixados pela defesa, o aparecimento constante de lagartos sozinhos no ataque).
No entanto, mesmo quando perde, o Benfica é grande, e disso, não tenho dúvidas.
Culpam-se árbitros, jogadores, treinadores, apitos dourados... e que tal olharmos para a nossa direcção?

Diogo Agostinho disse...

Acho que a preocupação do terceiro golo para Paulo Bento neste momento deve ser sim pensada, porém desconfio que Chalana também terá muito em que pensar...

Quanto a Grimi lesionado, bem acho que mesmo lesionado deu conta do recado na 2a parte!

Caro Bruno, eu respeito muito as instituições e ouvi o Presidente da Instituição Benfica, afirmar que esta era a melhor equipa das últimas décadas! E acredito sempre que uma Instituição tem no seu Presidente a sua cara, credibilidade e caracterização!

Bruno disse...

Caro Diogo, ainda bem que acreditas cegamente no que diz o Luís Filipe Vieira :P Espero que já tenhas comprado o teu Kit Sócio porque ele diz que é importante ;)

É verdade que o Chalana teria muito em que pensar. Mas isso seria se ele não fosse um treinador a prazo, com tudo de mau que isso acarreta. Dirás tu - e bem! - que o profissionalismo deveria levar o Benfica a fazer tudo para acabar bem a época. Eu acho isso mas infelizmente não é o que se tem visto.

Sobre o Grimi, mesmo na 2ª parte notou-se a sua inferioridade. Podes dizer é que o Benfica esteve tão mal que não foi preciso mais. Mas isso só prova o que eu digo: nenhuma das equipas esteve em grande. Antes houve muitos golos e espectáculo porque ambas estiveram mal.

Mas deixem-me reforçar um pensamento: as equipas portuguesas que estejam mais vezes mal assim. Os jogadores que experimentem jogar meia hora com a alegria que jogaram os avançados do Benfica e verão o público a acorrer aos estádios, as receitas a aumentar e o ciclo virtuoso a iniciar-se.

Diogo Agostinho disse...

A tua última frase acho que tem uma incorrecção...alegria dos avançados do...Sporting!

Quanto ao Grimi, acho que Paulo Bento que não é um treinador a prazo, esteve muito bem, está a crescer e vai acertando a mexer no banco!

Quanto ao Luis Filipe Vieira acredito cegamente no que ele diz sobre o Benfica! Quanto a inspirar-me, ou a motivar-me para ter descontos no MacDonalds continuo a preferir Filipe Soares Franco. Lá está o Presidente é a cara dos seus sócios! (não digo adeptos)

Nélson Faria disse...

É assim: o Diogo tem a mente toldada pelas instituições ;)

Só quando o Santana está fora de lugares de destaque é que deixa de ser acrítico.

Soares Franco: quando o Sporting tiver um plano financeiro sólido e internacionalmente reconhecido como o do Benfica reconheço-lhe maiores qualidades. Enquanto a sua ideia de clube for vender jogadores ao desbarato e os terrenos do clube parece-me mais merceeiro que dirigente.

Gozem o que quiserem com o kit sócio: a verdade é que o Benfica faz dinheiro em Portugal... mais que campeões em título. Isso é uma instituição, muito mais que futebol. O resto são agremiações bairristas eheh

Bruno disse...

Para que não seja mal interpretado (ainda que eu acho que a última frase do meu comentário é esclarecedora) deixem-me dizer-vos porque é que acho que o jogo de ontem não foi assim tão bom e nós só ficámos doidos porque estamos habituados a bem pior.

Em Portugal temos muito a mania de defender os treinadores portugueses. Lá defender os jogadores eu acho bem porque a formação é a base do futebol e se não se defende os jogadores formados na sua pátria então o edifício desmorona. Agora os treinadores... porquê?

O típico treinador português é:

- Medricas: ah e tal porque somos pequininos e temos pouco dinheiro;
- Convencido: normalmente foram jogadores e acham que sabem sempre mais que todos os outros (jogadores, árbitros e jornalistas);
- Pouco Evoluído: nos últimos anos temos tido muitos jogadores e treinadores a emigrar mas isso ainda não é suficiente para que a experiência adquirida se note o que faz com que vivam muito virados cá para o burgo, a olhar para o próprio umbigo.

O facto de eu defender isto não é novidade porque ainda há pouco tempo falava de um dos males do nosso povo ser este: demasiado "pequenino" e pouco aproveitador do seu potencial. Os treinadores - tal como os políticos - são também reflexo disso.

Esta época foi má! O futebol jogado foi, e geral, fraquinho. Isso é reconhecido por (quase) todos. E o que verificamos? Treinadores dos melhores classificados:

- Jesualdo: conseguiu a proeza de, no ano passado, quase não ter sido campeão com a equipa que tinha e, este ano, ter saído precocemente da Champions quando já podia entrar em gestão de plantel;
- Paulo Bento: na minha opinião, o maior bluff dos últimos tempos. Pouco versátil, mau a fazer substituições e borra-se muita vez na hora da verdade;
- Fernando Santos: apesar da saída precoce tem também responsabilidades neste Benfica. Nunca gostei dele mas dou-lhe o benefício da dúvida porque sou eu que não percebo de futebol o suficiente para o entender...
- Camacho: talvez o mais português dos treinadores estrangeiros que por cá têm passado. Discurso redondo, repetitivo, com pouco conteúdo ou mensagem. Tenta incutir espírito ganhador aos jogadores mas quando estes não vão na cantiga a coisa corre mal...
- Chalana: coitado do pequeno genial... podia ter vivido eternamente do mito de ter sido "o treinador que descobriu o Miguel". Acho que o que lhe fizeram foi chato mas ele tem muita culpa. É que o bom do Chalana não é treinador para estas cavalagadas...

Diogo Agostinho disse...

"quando o Sporting tiver um plano financeiro sólido e internacionalmente reconhecido como o do Benfica reconheço-lhe maiores qualidades."

- O Benfica tem? Não é o clube com maior passivo?
Acho que em Portugal ninguém dá um passo sem a autorização dos bancos...se é esse o plano do Benfica...então o Sporting tem o mesmo!

"Enquanto a sua ideia de clube for vender jogadores ao desbarato e os terrenos do clube parece-me mais merceeiro que dirigente."

- Ao desbarato? vender Nani por 25 milhões de Euros é ao desbarato? por quanto venderam Simão? não foi ao desbarato?
Para que quer um Clube terrenos? O clube deve ser especializado no que sabe: Desporto! Ponto Final!


"Gozem o que quiserem com o kit sócio"

- Mas já chegaram aos 300 mil? peço desculpa mas foi palavra do Presidente Luis Filipe Vieira!

Bruno disse...

Sobre a provocação do Diogo, o Né respondeu muito bem. Deixem o SCP ficar em 4º lugar e logo verão onde vai parar o Paulo Bento mais o credível do presidente que têm...

Sobre o eventual erro: não, não! Quem jogou com alegria foram mesmo os avançados do Benfica na primeira meia hora. Os do Sporting jogaram no final porque começaram a sentir a corda no pescoço ;)

Erro mesmo foi na segunda linha do comentário sobre os treinadores: deve ler-se "ache" em vez de "acho".

Filipe de Arede Nunes disse...

Quem ri por último, ri sempre melhor.
Gostei particularmente de ver os lampiões a gritar "olés" na primeira parte e depois a ficarem caladinhos que nem ratos quando o Sporting começou a jogar à bola.
O jogo foi um hino ao futebol e excelente espetaculo, independentemente de ter sido melhor ou pior jogado.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Nélson Faria disse...

Eu não sou de economia e não sei do que estou falar, mas o plano financeiro do Benfica é um de três planos em Portugal a receberem A+++ na cotação internacional.

Para além disso o Benfica é a marca mais valiosa do futebol português, 4ª da Península Ibérica e 17ª da Europa (estudo da BBDO). Isto é boa gestão e maximização de imagem.

Um clube deve ser futebol e modalidades amadoras. Tal fazer uma gestão danosa do seu património. Vender os terrenos como Soares Franco tentou fazer era indigno de um bom dirigente.

Nani foi vendido por 25 milhões após fazer uma época extraordinária. O Anderson, que esteve lesionado meia época por culpa do Katsouranis, foi vendido pelo FCP por 31 milhões de euros.

O Simão Sabrosa foi comprado por 12 milhões de euros quando tinha 21 anos, vendido com 28 anos por 20 milhões de euros mais direito de preferência sobre dois jogadores do AM (o que poderá levar a contratação aos 25 milhões de euros).

Vendo estes dados, quem faz bons negócios?

Os 300 mil foi desmentido num instante. Mas se seguirmos a mesma linha só te digo: havemos de chegar aos 300 mil só abrandámos um bocado. Afinal já somos o clube com mais sócios do Mundo eheh.

Nélson Faria disse...

ERRATA

3º parágrafo: Tal NÃO SIGNIFICA QUE SE...

Diogo Agostinho disse...

Chama-se sindicato bancário e os 3 grandes têm! Continuo que a achar que o maior défice não é razão para grandes euforias!


Não vou tecer comentários sobre a BBDO! Tenho uma opinião profissional muito prórpria! Diria que essa marca advém do passado e não da actual boa gestão! Se calhar a camisola cor de rosa fez aumentar as vendas da marca, para mim chama-se oportunismo político já que quando o governo era PPD/PSD a camisola era laranja...


Gestão danosa em vender os terrenos? Se já construimos um estádio, o que recebeu menos do Estado, a melhor Academia do Mundo para que terrenos? Para que sermos donos das lojas de comércio e restauração? Chamo boa gestão! Arrendar e não gastar energias! Tal como atirar areia para os olhos como a Tv Benfica e outros cenários que tal!


2 jogadores que ainda não chegaram, para além de que o impacto de Simão na equipa era bem diferente do Nani! Andersson é de longe o futuro Kaka! Nani fez uma boa época, muito assobiado, nem sempre regular!


Vendo os dados consigo concluir que prefiro a honestidade e realidade de Soares Franco, bem como a sua classe!

Os 300 mil foram uma enorme trapalhada que nem o grande sportinguista Cunha Vaz conseguiu apagar!

Gostaria era de saber quantos sócios com as quotas pagas...

Bruno disse...

Ah pois é, Né! E sabes qual considero a principal razão para o Nani, Cristiano Ronaldo e Quaresma (já para não falar do Simão quando saiu de Alvalade) terem sido todos mal vendidos? Saíram antes de terem ganho títulos...

Uma boa gestão desportiva implica sempre algum risco. O ideal é maximizar-se a utilidade dos jogadores, conseguindo que estes ajudem a construir uma boa equipa que ganhe título e depois sim vendê-los. Se for possível não vender muitos e repor as posições voltando a ter de imediato uma equipa ganhadora, melhor. Senão, há que pensar estrategicamente e reconstruir as coisas.

Costumo dizer que o Porto campeão europeu pecou porque ainda devia ter vendido mais um ou dois jogadores (Costinha e Maniche, por exemplo). É que destruir equipa por destruir que fizessem como o Ajax fazia há uns anos, alimentando-se depois da formação. Mas para isto ainda temos que percorrer um longo caminho...

Nélson Faria disse...

Eu até te podia dizer que somos nós, já que 57% dos sócios do Benfica tinham as quotas pagas (isto no início da época).

O problema é que a fonte é o Benfica e dirias que tinhas uma opinião muito vincada sobre a sua credibilidade. eheh

Nani vendido por 25 milhões e fez uma má época; Anderson vendido por 31 milhões e nem jogava à bola; Nani colou de estaca no MU; Anderson só nos últimos 2/3 meses encontrou lugar no MU.

Simão 28 anos, desejoso de sair há 2 épocas (o que iria afectar o seu rendimento por querer mais que o futebol português) = 25 milhões (se os jogadores não vierem vem o dinheiro) Nani fase inicial da carreira = 25 milhões

Os arrabaldes do Alvalade XXI são um desastre e os acessos uma brincadeira.

Boa gestão? Talvez não...

Nélson Faria disse...

E antes que me venham com a treta do o que conta é quem leva mais gente aos estádios:

Benfica 493.377
Porto 487.063
Sporting 402.267

E no top 5 dos jogos o Benfica está em 3 deles, tal como Porto, sendo o Benfica o único que está sempre na condição de visitado. O Sporting está em 2, nomeadamente o 4º e 5º mais vistos... e ambos fora de casa e contra os outros dois.

Grande marca europeia, com o melhor plano financeiro, clube com mais sócios, mais gente no estádio apesar da má época... Só falta uma coisa ao Benfica: voltarmos a ganhar campeonatos eheh.

Nélson Faria disse...

Entretanto esqueci-me de salientar uma coisa que o Bruno disse bastante acertada:

Esta época foi má! O futebol jogado foi, e geral, fraquinho.

Eu troquei o bom futebol pela emoção do jogo. Mas continuo a achar o melhor jogo que vi este ano ;) Principalmente por haver duas equipas, de parte a parte, prontas a arriscar tudo.

Veremos como nos safamos Domingo contra o Campeão.

Diogo Agostinho disse...

Sabes é por isso que me deu muito gozo o jogo de ontem! A vossa grandeza tão falada tira-vos o discernimento e lucidez para perceber o presente!

De um lado temos os maiores, do outro os melhores! É por isso mesmo que gosto de ser do Sporting! Nós somos diferentes!

Nélson Faria disse...

O Sporting é de facto muito diferente: claramente a tornar-se o ex-grande.

Melhor clube de Portugal, neste momento, só há um: o Porto, que domina completamente o cenário. Os outros só ganham quando o Porto se distrai.

A década de 80 ainda foi renhida (5 campeonatos Benfica, 4 FCP e 1 Sporting). De 1990 a 2008 é um deserto: 2 campeonatos Benfica, 2 campeonatos Sporting, 1 Boavista e 13(!) campeonatos para o Porto.

O Porto inclusive já ultrapassou o Benfica em total agregado somando 112 títulos enquanto o Benfica soma 108. O Sporting tem 78 títulos.

1º FCPorto - 112 Títulos (Séniores: 2 Taças Intercontinentais / Mundiais de Clubes, 2 Taças / Ligas dos Campeões Europeus, 1 Taça UEFA, 1 Supertaça Europeia; 23 Campeonatos Nacionais, 17 Taças de Portugal, 15 Supertaças de Portugal; Juniores: 19 Campeonatos Nacionais; Juvenis: 17 Campeonatos Nacionais; Iniciados: 13 Campeonatos Nacionais; Infantis: 2 Campeonatos Nacionais);

2º SL Benfica - 108 Títulos (Séniores: 2 Taças / Ligas dos Campeões Europeus, 1 Taça Latina, 1 Taça Ibérica, 31 Campeonatos Nacionais, 27 Taças de Portugal, 4 Supertaças de Portugal; Juniores: 22 Campeonatos Nacionais; Juvenis: 13 Campeonatos Nacionais; Iniciados: 4 Campeonatos Nacionais; Infantis: 3 Campeonatos Nacionais);

3º Sporting CP - 78 Títulos (Séniores: 1 Taça das Taças, 18 Campenatos Nacionais, 18 Taças de Portugal, 6 Supertaças de Portugal; Juniores: 12 Campeonatos Nacionais; Juvenis: 11 Campeonatos Nacionais; Iniciados: 9 Campeonatos Nacionais; Infantis: 3 Campeonatos Nacionais);

Nélson Faria disse...

E agora pensemos: o que teve o FCP que não teve o SLB e o Sporting? Mais que estabilidade directiva teve um homem excepcional chamado Pinto da Costa.

Não sei se é corrupto ou não, ou se é mais ou menos corrupto que os outros, mas é um líder e o FCP tem sido a melhor equipa nas últimas duas décadas.

A questão que subsiste: sobreviverá o FCP à saída de Pinto da Costa?

António Pessoa disse...

Como sportinguista gostei do jogo. Agora só falta ganhar a final a duas equipas: a do Porto e a de arbitragem....

José Pedro Salgado disse...

Nas imortais palavras de Herman José: "Adorei, adorei, adorei!"

Bruno disse...

Sabes o que me fez lembrar esses números de que falas sobre os jogos mais vistos Né? Uma velha teoria que tenho e que costumo dizer aos sportinguistas e portistas quando mandam bocas de que "o Benfica está muito mal e tal e coiso e ainda vai descer de divisão".

Imagina só esse cenário, hehe! O FCP e o SCP perdiam a única grande receita que têm garantida. Os clubes mais pequenos perdiam a grande receita da época pois é nítido que o Benfica é o clube que arrasta mais gente aos estádios (entre adeptos seus e do próprio adversário).

Era um grande rombo nas finaças de todos os outros clubes... É obvio que será quase impossível um dos chamados 3 grandes cair na Segunda Liga. Mas quando se fala em possíveis Super-Ligas Europeias que fariam com que os grandes clubes deixassem de competir nas ligas caseiras, este é o drama...

jfd disse...

LOLOLOLOLOL
Posso-te copiar Salgado?

José Pedro Salgado disse...

A frase não é minha Jorge, por isso feel free.

jfd disse...

;))

Rui Pinto Reis disse...

Eu gostava de comentar mas só falo com quem está de segundo para cima, algum de vocês é por acaso do Vitória ?


hahahahaha :X


Desculpem me mas sou campeão pela terceira vez consecutiva e fiquei com um nó no cérebro ;P


Não porque não estava cá mas sinceramente gostava de ter visto para ver se foi assim tão top como falam. Alguém gravou ? ;D

Nélson Faria disse...

Não sei se repete, mas só foi bom porque os jogos do campeão não estão à altura do título ;)

Nélson Faria disse...

Na esteira dos que não gostaram do jogo eis Mourinho uma frase de Mourinho citado por Luís Freitas Lobo:

5-4 (neste caso foi 5-3) não é um resultado de futebol. É um resultado de hóquei. Se num treino o resultado chega a esse ponto, mando imediatamente todos para o balneário. Porque já ninguém defende, porque não é futebol, é apenas uma desgraça.

Não sei se a frase foi motivada por este texto ou se LFL foi buscá-la ao baú das memórias. LFL mostra as mesmas dúvidas que nós partilhámos e acaba num misto tomista: quer a emoção quer o rigor táctico são fundamentais no futebol. E um grande jogo não se faz sem eles.

Bruno disse...

Pois, percebo Mourinho. Ele é um estudioso do futebol. Não foi grande jogador enquanto por lá andou e nunca (ou muito raramente) foi adepto... Foi muitas vezes espectador atento, quase sempre um treinador preparando o seu futuro e querendo saber cada vez mais.

Por isso tem esta atitude. Eu sou adepto. E por isso gostei do jogo de 4ª feira, apesar de achar que não foi assim tão bem jogado. Como já disse por aí algures, venham mais jogos mal jogados como este ;)