sábado, outubro 07, 2006

O outro cadáver


O Serviço Federal de Protecção da Rússia informa que entre 10 de Novembro e 26 de Dezembro o Mausoléu de Lenine encerra para trabalhos de manutenção.

O cadáver de Lenine será imerso em soluções especiais para que os tecidos não se deteriorem e se possam conservar por mais 100 anos.

Pelos vistos, este cadáver vai durar até 2106. Veremos até quando durará o outro cadáver, o comunismo!

7 comentários:

José Pedro Salgado disse...

Sempre ouvi dizer que "Vaso ruim não quebra."

Big Mamma disse...

pessoalmente tb acho que o PCP deve fechar para trabalhos de manutenção...

xana disse...

Ó Paulo, ao menos não decidiram fazer o mesmo com o Cunhal...

Paulo Colaço disse...

Cruzes canhoto!

Rodrigo disse...

Os russos, à semelhança de outros, como os alemães, sem traumas conservam "coisas" históricas, mesmo que negativas, do seu passado.
no nosso Portugal cai o "carmo e a trindade" ... ainda veremos manifestações em Santa Comba Dão para que a Câmara local não avance com o museu dedicado a Salazar.

Lisete Rodrigues disse...

Eu partilho da opinião do Rodrigo. A verdade é que 'matarmos' as coisas más das nossas vidas não faz com que elas desapareçam das nossas memórias e passado. E porque não conservar aquilo que é o nosso património cultural (nome esquisito para chamar ao senhor...), ainda que ele não nos dê razão para nos orgulharmos?
Quanto ao comunismo e aos russos, bom, isso já é outra história...

Hermione Granger disse...

O Comunismo para nós está em St. Mungus, foi vítima da maldição "cruciatus", infligida pelos próprios seguidores! E agora definha, enquanto delira!