domingo, outubro 01, 2006

Nem tudo o que reluz é ouro.


O Jornal de Notícias refere hoje que parte do ouro que os dirigentes (alegadamente) corruptos teriam (alegadamente) dado aos árbitros envolvidos no processo "Apito Dourado" era falso.

Já não se pode cofiar em ninguém...

7 comentários:

RICARDO PITA disse...

os portugueses até para corromper árbitros são forretas!!!

Big Mamma disse...

isto hoje em dia, até para se ser corrupto é preciso ser-se sério!

Marco Santos disse...

E depois reclamam da feira da ladra... da feira do relógio... do Largo do Rato... são só falsificações e ninguem diz nada.

Paulo Colaço disse...

E na volta, Zé Pedro, o apito nem sequer fazia barulho!

Isto é uma maltinha do pior! Ainda bem que o Jornal de Notícias está cá para nos elucidar...

Inezinha disse...

Nem na corrupção fazem as coisas bem feitas. Já não há esperança...

Inezinha disse...

O mundo está perdido...

Bruno disse...

Para falsos penaltis, falsas ofertas...