terça-feira, outubro 10, 2006

Não Havia Necessidade!


Cavaco Silva recomendou, e bem, no discurso de tomada de posse do novo Procurador-geral da República, “discrição na acção e visibilidade nos resultados”.

Ou eu me engano muito ou o recado também foi direitinho para Sócrates que qual “animal feroz” se atreveu a ir até à Madeira desafiar Alberto João e assim afirmar a sua masculinidade/autoridade.

O líder do PS e também primeiro ministro tinha obrigação de saber em que trabalhos se estava a meter ao colocar-se na” boca do lobo”… como diz o ditado quem vai à guerra dá e leva… A troca de piropos que se adivinha não tardará e será esclarecedora… È caso para dizer, não havia necessidade! …a menos que fosse isso mesmo que Sócrates pretendia para entreter o povo descontente com as suas politicas…

2 comentários:

xana disse...

Aqui está um post que coloca a pergunta e descobre a resposta! Enquanto o eleitorado do PS e demais concidadãos astutos que votaram no Sócrates, andar distraído (com o Coelho a ajudar aadormecer estas almas...), o nosso ilustre PM deixa de ver nas manchetes o fecho de maternidades, fecho de unidades de urgência, cortes nas pensões...

Hermione Granger disse...

Não é que seja fiel seguidora do Dr. Alberto João, mas a verdade é que quem vai à guerra com ele, leva, leva e leva! E o nosso PM, como aliás toda a gente já constatou, é masoquista e gosta de levar.