sábado, dezembro 01, 2007

Par ou Ímpar?


“Assinado o Tratado de Lisboa e depois de divulgado, na véspera, o relatório do LNEC sobre a localização do novo aeroporto, José Sócrates poderá antecipar uma remodelação governamental para a época natalícia – com a vantagem de o efeito negativo da mudança se perder no período de Festas e de entrar em 2008 com novo fôlego para a segunda metade do mandato.”
Jornal SOL, 1-12-2007

E esta hein?

Psicóticos e Psico-Amigos, jogamos ou passamos a vez?

15 comentários:

Paulo Colaço disse...

Sócrates não é parvo.
Sabe que alguns membros do Governo são uma nódoa mas sabe também esperar pela melhor altura para os fazer saltar do barco.

Não é com exigências da oposição que eles são corridos: é em momentos de calmaria que se fazem as remodelações. A não ser por escândalos, os PM procedem a mudanças quando menos se espera.

O Natal parece ser boa altura. E, em bom rigor, certas remodelações acabam por ser prendas para o eleitorado...

Bruno disse...

A concretizar-se é uma medida be "Socrática"! E eu, que não sou hipócrita, digo: parabéns Sr. Primeiro Ministro!

Sim, porque a verdade é que um líder, um gestor de equipas não é só quem sabe colocar os elementos que coordena a render o máximo de forma integrada mas também que consegue conciliar as dinâmicas subjacentes a esse funcionamento em equipa.

Este Governo - na minha opinião - precisa de uma remodelação forte (bom, mas na minha opinião até o PM precisava de ir à vida) e, assim, acho que é positivo se houver uma mexida em pastas que não estão a ser bem conduzidas.

Agora, falta saber se as mexidas serão, efectivamente, positivas...

PS(D): ainda bem que a nossa Picão conseguiu por este post, superando as dificuldades técnicas ;)

Margarida Balseiro Lopes disse...

Se o Sr. Primeiro-Ministro nos segue lá em casa, fica a minha humilde sugestão: a Ministra da Educação...

Bruno disse...

Margot, percebo-te!

Coementário ao teu comentário: hehehehehehehehe!

Bruno disse...

Mais a sério: devo uma consideração a Maria de Lurdes Rodrigues: não acho que ela esteja a fazer 100% bem, mas tenho a certeza que está "a fazer"! Isto tem tanto de positivo como de negativo... por isso ainda não sei se hei-de dar-lhe os parabéns... tenho dúvidas...

Bruno disse...

Agora em relação aos outros (e juro que não é só para "encher" o post):

- Luís Amado: o penteado revela o ministro: algo “esquisito”…

- Teixeira dos Santos: afinal, Senhor Ministro, é para subir ou descer???

- Pedro Silva Pereira: não percebi ainda a vantagem de um Ministro da Presidência que seja apenas uma fotocópia “foleira” do PM…

- Rui Pereira: afinal, onde está a Maddie? E onde estão os nossos valorosos agentes da Judiciária? Sim, principalmente esses…

- Nunes Correia: Ambiente??? Ordenamento??? Desenvolvimento Regional??? Hehehehehehehehehehehehehehehehehehe…

- Manuel Pinho: All-bad!

- Mário Lino: por muito que fosse bom Ministro é uma vergonha para o país!

- Correia de Campos: haja saúde para aturar esta peça…

- Isabel Pires de Lima: é só ver um post que coloquei anteriormente…

- Augusto Santos Silva: Ministro dos Assuntos Paralamentar…

Nota: não comentei todos. Confesso a minha incapacidade...

Bruno disse...

Bruno disse...
- Nunes Correia: Ambiente??? Ordenamento??? Desenvolvimento Regional??? Hehehehehehehehehehehehehehehehehehe…

O Sr. Ministro disse...
(algo como)
"ah e tal retirar o aeroporto da Portela tem imensos impactos ambientais..."

e ninguém lhe pergunta: quais???

José Pedro Salgado disse...

Pois...

Resta saber se vamos saber defender e chutar para o contra-ataque antes que a defesa suba toda, ou se só vamos dar pelo remate com o esférico no fundo das redes.

Alegadamente, é em cenários destes que o novo líder do PSD consegue marcar golos do meio da rua.

Dr. Luis Filipe Menezes, a bola estará nas suas mãos.

Luís Guerreiro disse...

O problema aqui é que as pessoas sentem mais grave o estado da oposição do que o estado da nação. Por isso mesmo não descem os indíces de popularidade do governo, faça "ele" o que fizer.

Aqui há uns tempos, dizia o Dr. Miguel Frasquilho (para a CM de Loures), "temos tudo para ter tudo". Eu acho que agora se passa (quase) o mesmo em relação ao governo, ou seja, temos tudo para ter tudo... Mas falta-nos qualquer coisinha.

E o que falta é alguém que saiba explorar os erros, as falhas e as lacunas deste governo que são muitas e evidentes. Por outras palavras, falta uma oposição!

De resto, subscrevo na íntegra as palavras do Paulo Colaço. Sócrates não é parvo. De todo. É um excelente estratega e sabe, como tem vindo a provar, jogar com a sua imagem, do seu partido e executivo, de forma magistral.

Tiago R Cardoso disse...

Pelo menos o pessoal nem repara, pena que a remodelação não fique só pelos ministros.

Nélson Faria disse...

A remodelação deveria ser profunda, mas também não deverá ser tanto assim. Já estava anunciado há cerca de um ano que remodelação só depois da presidência da UE. Se o fizer naquele dia irá ter alguma piada... mas também já vimos Sócrates a alterar o governo na véspera do Portugal - Inglaterra Mundial 2006 (penso que era este o jogo quando sai o Freitas do Amaral).

Três que para mim têm de sair: Nunes Correia (amb), Isabel Pires de Lima (cult) e Rui Pereira (adm. int.). Demasiado inexistentes para fazerem algo.

Três que deviam sair por inabilidade política extrema: Rui Pereira (adm. int.), Manuel Pinho (eco) e Maria Lurdes Rodrigues (edu).

Três que deviam sair porque não fazem nada: Isabel Pires de Lima (cult), Nunes Correia (amb) e Maria Lurdes Rodrigues (edu).

Feitas as contas, quem é que de certeza sai: Maria Lurdes Rodrigues, Nunes Correia e Isabel Pires de Lima. Com um bocado de sorte também saia o Manuel Pinho.

P.S. Porque não menciono o Mário Lino? Porque é indiferente.

Paulo Colaço disse...

Se sair a senhora da (des)educação ficarei espantado.

É que Sócrates precisa dela. Precisa de alguém com a popularidade do lixo para arcar com as responsabilidades de uma pasta tão dificil como a educação.

MLR é também a "amiga" cujas críticas mais vezes ofuscam as que se podiam fazer a Sócrates.

jfd disse...

Olha Elsa,
Politica ao seu melhor.
A maquina do governo está bem oleada e deve orgulhar a equipa que dela trata. A mim deixa-me com uma um a dor de cotovelo estrema :)
Nunca percebi muito bem esta treta das remodelações. E espero que o Sócrates com a sua real arrogância para com a tradição de responder à sociedade civil (comentadores e afins) com remodelações; só porque.
A única coisa que escraviza Sócrates são as sondagens, e mesmo assim, já foi mais.
Eu cá diria deixem-nos trabalhar!

jfd disse...

errata
onde se lê estrema, leia-se extrema :)

Elsa disse...

Muito do que é a minha opinião já aqui foi expresso.

Ainda assim, e como dizia o Colaço, Sócrates não é parvo, pelo contrário, é um bom estratega.

Mas vou mais longe, do ponto de vista da forma (sublinho da forma, não de conteudo) José Sócrates tem algumas das qualidades que reconheço essenciais a qualquer 1º PM. É,de facto o líder, a voz de comando, e tm sabido gerir muito bem a sua equipa. Todavia cometeu, do meu ponto de vista, um erro de principiante. Não soube escolher a equipa, que habilmente coordena, não soube rodear-se de gente competente para colmatar as suas falhas. O resultado está á vista, as fragilidades, incorências e incompetências são mais que muitas, e o custo desse erro é pago por todos.

Quanto á mudança propriamente dita, embora o desejasse, não acredito que seja pronunciada.
No que respeita ás saídas concordo com o Né: Isabel Pires de Lima, Nuno Correia e Rui Pereira. Inércia total.

Manuel Pinho não comento (já não consigo)
Para os restantes o Bruno e o Né já foram bem claros!

(Colaço não tinha pensado em MLR, no seu "papel" desse prisma. Interessante!)

PS(D): Bruno, digamos que a assistência técnica foi de alto nível ;)