sábado, dezembro 29, 2007

Cicatrizes de 2007... IV

Mais um conjunto de factos que marcaram o ano de 2007 em Portugal.

O, ainda não resolvido, caso Maddie McCann.


E o espectáculo em que se tornou a questão do Novo Aeroporto de Lisboa, bem como a actualidade da Portela.

Ota? Alcochete? Deserto na margem Sul?

Destaque para a acção da JSD Distrital de Setúbal na resposta ao Ministro Mário Lino, logo após as insinuações sobre a margem Sul.





6 comentários:

José Pedro Salgado disse...

Continuo a dizer que Alcochete Jamé é que era...

Mas agora a sério.

Esta questão do Aeroporto tem sido dos maiores cavalos de batalha de Sócrates e, simultaneamente, das maiores desgraças mediáticas de um Governo que tanto parece ligar à imagem.

Os ministros não concordam entre eles, o Primeiro não concorda com ninguém, cada associação e estudo aponta para um sítio diferente, e a solução que parece ser mais consensual (a de Alcochete) causa uma estranha urticária aos decisores políticos.

É exactamente o exemplo da situação que o PSD podia estar a ajudar a resolver. Com o PS ou contra o PS.

Uma última palavra para elogiar novamente a actuação da Distrital de Setúbal que não teve nada menos que brilhante.

Vermouth disse...

A construção do Novo Aeroporto de Lisboa foi um tema em que quase todos sairam "chamuscados".

Sócrates com a OTA, Lino com o jamé no "deserto" da margem Sul, Mendes à época com Rio Frio e Menezes com OTA no passado e indefinição no presente.

Quem saiu a ganhar com toda esta situação foi a JSD da Distrital de Setúbal, a quem deixo aqui os meus Parabéns!

Na minha opinião foi uma das melhores iniciativas dos últimos anos e que primou pela originalidade e ousadia inteligentes que sempre caracterizaram a JSD.

Resta agora esperar pela decisão do LNEC...

Nélson Faria disse...

Grande Nuno Matias!

Margarida Balseiro Lopes disse...

Tal como vermouth, considero a iniciativa do camelo e o "outdoor" do voto de silêncio duas das melhores inictivas da JSD nos últimos anos.

Quanto ao caso MacCann e ao Aeroporto em Alcochete(?), resta aguardar pelo desfecho destas duas novelas.

Paulo Colaço disse...

Queria fazer um comentário que incluía as palavras "cáfila" e "a decisão que tomarão em nosso nome", mas não tenho "tempo"...

Bruno disse...

Eh pá, o meu companheiro Nuno Matias também teve direito a figurar nestas "cicatrizes"! Isto é o Carlos a dar graxa ao conselheiro ;)

Agora mais a sério, estas são duas situações preocupantes. Preocupa-me que se continue a aproveitar a falta de capacidade de defesa das crianças para as mal-tratar, abusar, ferir, vender ou até matar.

Preocupa-me também ter governantes do nível de Mário Lino. Ainda por cima quando parece que o tipo é intocável e nem uma próxima remodelação ou retoque no Governo o vai mandar "borda fora".