quinta-feira, setembro 06, 2007

Homenagem

13 comentários:

xana disse...

Desde muito nova ouço grandes cantores líricos. A ópera sempre fez parte da minha educação cultural/musical.

Perde-se um grande senhor da música erudita, uma voz incontornável.
Ao menos ficará gravada para a relembrarmos. E que momentos fantásticos serão esses.

Um último BRAVO!!

José Pedro Salgado disse...

Homenageio o grande humanitário, que com os seus concertos "Pavarotti and Friends" conseguiu angariar milhões para diversas causas no seio da ONU, e que em conjunto com os U2 conseguiu juntar mais de 8 milhões de dólares em 95 no concerto "Concert for Bosnia".

Pavarotti não deixou a sua grandeza por mãos alheias.

E, mesmo não sendo fã de ópera, deixo-vos um testemunho objectivo da sua qualidade:

Luciano Pavarotti era o detentor de maior número de regressos ao palco no fim de um espectáculo. Foi chamado de volta 165 vezes.

goreti_martins disse...

No seguimento da curiosidades que o Zé Pedro deixou, aqui fica mais uma...na manhã do seu último dia, Pavarotti manifestara a sua emoção pela criação em Itália de um prémio de “excelência cultural”, do qual foi o primeiro galardoado.

Paulo Colaço disse...

Sou desprendido em relação à morte, mas fiquei triste com esta notícia.

Já gostava de ópera mas comecei a ser um apaixonado quando Pavaroti, Carreras e Domingo fizeram a primeira "Boys Band" da ópera. Eles tormaram-na um produto comercial e todos passámos a "cantar" árias no chuveiro.

Morreu um dos responsáveis por saber (ou ter sabido) de cor o Sole Mio, o Libiamo e o Nessun Dorma.

Estamos pobres!

goreti_martins disse...

Repararam na cara dele enquanto canta, pela sua expressão parece que está a fazer uma coisa tão fácil. Parece que está apenas a ter uma conversa entre amigos, parece que não é dificil, parece tão fácil como para nós é falar.

Anónimo disse...

E ele está, de facto, a falar com amigos: o seu público!

adriana disse...

Não sou grande adepta de opera mas entendo que com a morte de Pavarotti o mundo musical ficou mais pobre. Já foi dito aqui mas nunca é demais repetir este homem para alem de ser um cantor de excelência lutou por causas humanitárias, lutou pela indiferença e assim é que fez dele alguem mais nobre.

Inezinha disse...

Não segui o seu trabalho muito atentamente mas sei o peso que significa na cultura de todos. Tal como o Colaço diz, o mundo ficou mais pobre. No entanto, deixou-nos um mote para continuar, continuar com o seu trabalho em ajudar os outros e tirar partido do nosso estatudo mediático em prol de uma grande causa.
O que mais me fascina em Pavarotti é o facto de nunca se ter esquecido das suas origens humildes, o que muitas vezes em grandes vedetas não acontece.
Admiro-o por ser quem é.

Carlos Carvalho disse...

Grande registo musical...
Justa homenagem.

É daqueles a quem se atribui o título de 'Grande Homem', pois parte, mas a obra fica guardada na mais profunda eternidade humana.

Merece... BRAVO!




www.carlos-carvalho.blogspot.com

Marta disse...

O homem que democratizou o canto lírico merece sem dúvida uma Homenagem.

joana simões disse...

bom, é sem dúvida um grande homem! falo no presente porque um homem como Pavarotti jamais irá partir devido a tudo o que nos deixou...
eu não sou muito apreciadora de ópera, mas a voz dele tem realmente um encanto especial!!

é realmente excelente fazer uma homenagem a este Grande Homem!!!!

Bruno disse...

Já muito aqui foi dito sobre ele. É justo destacar todas as facetas deste homem que foi muito mais do que apenas uma das grandes vozes de sempre. E felizemente a sua voz é imortal! Façams todos com que o seu legado também o seja.

Aproveito ainda este espaço para uma despedida pessoal: Até Sempre Luciano...

Tânia Martins disse...

Infelizmente não consigo ver o vídeo do post devido à Internet desta terrinha (arredores de Torres) mas pelo que entendi falam acerca da vida e do falecimento de Pavarotti.

Mesmo com a sua morte a ópera não perdeu uma grande voz, pois será uma voz que ficará para sempre na história da música!

Homenagem é uma palavra que este homem irá sempre merecer pelo seu enorme talento!