sexta-feira, setembro 21, 2007

Estrela Cadente

Acabou! A caminhada triunfal de José Mourinho ao serviço do Chelsea chegou ontem ao fim. Pelo caminho ficaram dois campeonatos nacionais, título que já não ganhava há 50 anos, a duas Taças da Liga, uma Supertaça e uma Taça de Inglaterra. Faltou o título mais ambicionado por Roman Abramovic, a Liga dos Campeões.

José Mourinho ao longo destes anos ao serviço do Porto e, mais recentemente, do Chelsea tornou-se numa verdadeira estrela à escala planetária. Será o fim do seu fulgurante percurso?

28 comentários:

isabel ferreira disse...

Nesta altura do campeonato este post é uma lufada de ar fresco...Parabéns pela ideia.
Mourinho já brilho mt como uma grande referência do futebol. Levou o nome de Portugal a todos os cantos do mundo. É um orgulho ter este homem como português. Se vai brilhar daui para frente?! Talvez daqui para frente não brilhe tanto mas todo o seu trabalho até aqui não será esquecido , pelo menos para os amantes da bola.

Carlos Carvalho disse...

Olá!

Não. Com toda a certeza, não é o fim do seu fulgurante percurso.
Repara que, até na hora de despedida, ele movimenta e condiciona os serviços informativos de praticamente todo o globo. Pela postura, pelos titulos e pela forma de os conseguir Mourinho cria uma envolvência fenomenal em torno de si mesmo, até quando abandona um clube.
Também devemos reparar na posição dos jogadores que partilham duma relação muito próxima com JM, sendo talvez esse um dos segredos do sucesso, muitos deles conheceram-no no Chelsea, mas outros, R. Carvalho (ilustre Amarantino) e P. Ferreira, acompanharam-no desde o FC Porto e todos criaram laços fortes com o técnico que os orienta, muitas vezes para além do relvado. É a diferença que existe quando se cria um grupo forte para além dos objectivos de trabalho: aumenta a amizade, a solidariedade e a união entre todos.

Já imaginaram algo assim num partido político?

Na minha opinião, todos nós estamos a presencear a vida de um fenómeno, de um lider. Tudo bem que é no desporto e isso, por vezes, não é bem encarado, mas não deixa de ser um lider, um gestor, de sucesso. Afirmo mesmo que, na política, falta gente com a personalidade de JM, capaz de reconhecer qualidades, nos outros e em si próprio, capaz de confiar, nos outros e em si próprio, capaz de enfrentar desafios e de virar tudo ao contrário com simples palavras. Depois, complementa com os titulos.

Não é o princípio do fim, é mais um capítulo e outros se seguirão. Um exemplo, na minha opinião. Mas dos bons, doa a quem doer.

adriana disse...

Apesar de não gostar da personagem admito que a nível profissional possa ser uma estrela. E sendo estrela decerteza que não será o fim da sua era. é o fim da sua era no Chelsea mas será o inicio da sua era noutro clube e noutro pais. quem sabe até na nossa selecção ou num clube portugues?

Elsa disse...

Entre os que gostam e os que não gostam de José Mourinho, ninguém fica indiferente a sua extraordinária capacidade de liderança.

Carlos, concordo contigo nos comentários a este e ao post anterior. E sim, aceitei o desafio de imaginar "algo assim num partido". Tarefa dificil é verdade, não estivesse fresca a memória de uma semana vivida, há bem pouco tempo, onde se criou um grupo forte em que para além dos objectivos de trabalho se fomentou a amizade, a solidariedade e a UNIÃO.
A prova de que o dificil não é sinómino do impossível. O caso particular que mereciamos que fosse regra!

Venham do desporto ou de qualquer outra área, penso que os casos de sucesso devem ser divulgados para que outros nas suas áreas de intervenção os tomem como exemplos. Sobretudo, numa sociedade tão abundante em contra-exemplos!

Saibamos aprender com os bons e maus exemplos da história, em especial da mais recente, para que num futuro próximo não nos possam acusar de repetir os erros do passado!

Carlos Carvalho disse...

Confirmo Elsa! Confirmo mesmo! :)

JSD CARTAXO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JSD CARTAXO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gonçalo Gaspar disse...

Mourinho um simbolo desportivo a nível internacional….Acredito piamente que José Mourinho será tudo aquilo que foi até hoje, mais acredito seriamente que a próxima equipa que o acolher vai arriscar-se seriamente a ganha a Champions League. Só tenho pena é que ele não venha para o Benfica pois a única coisa de jeito que Vale e Azevedo fez pelo Benfica foi ter posto o Mourinho como treinador do Benfica e que mal aproveitado foi. Mas agora quem tem Camacho tem o campeonato:D

Marta disse...

Também acho que não é o fim do Mourinho. O homem é inteligente, conhece bem o carácter autoritário que tem e deve ter percebido cedo que não havia lugar para ele, por exemplo num partido político, mas que era um desperdício toda aquela arrogância mal canalizada e foi liderar para o futebol.

Espero que continue a brilhar e a ofuscar no futebol, para não meter o seu belo narizinho noutros assuntos. Pode até parecer que não gosto dele (e de facto não gosto) mas o importante é que lhe reconheço competência, "above the average".

Davide Ferreira disse...

Apesar de ele nunca ter treinado o meu clube é dificil não gostar dele.

José Mourinho levou (tal como outros antes dele) o nome de Portugal além fronteiras com brio e dignidade.

Lutou contra imensas dificuldade e com perserverancia conseguiu aquilo que outros não conseguiram, os meus parabéns.

xana disse...

O homem é bom naquilo que faz. E isso não é ser arrogante.. é ser bom!

Onde quer que vá, vai para ganhar. E espero que venha dar alegrias aos portugueses, se não for agora que seja um dia.

Paulo Colaço disse...

Não gosto do Mourinho!

Desejo-lhe as maiores felicidades, longe de mim. E, embora ele não aceite, deixo-lhe o meu conselho: a nossa longevidade onde quer que seja (em casa, no trabalho, numa relação) tem mais a ver com a nossa empenho que com o nosso talento.

Felizmente, o génio não é tudo.

Bruno disse...

Cadente? Naaaa! Nada disso...

José Mourinho está no auge! Saiu agora porque sente que está em alta. Recebe uma pipa de massa (porque senão continuava a não deixar Abramovich brincar ao futebol), vai trabalhar para outro país a ganhar outra pipa de massa, vai ganhar outro punhado de títulos, de inimigos e (sobretudo) de admiradores.

Não posso prever o futuro mas acho que Mourinho ainda tem muito a dar. Se fizermos uma análise séria e com capacidade técnica ao pontos de insucesso no Chelsea percebemos que são aceitáveis. O seu trabalho foi excelente e só faltou mesmo a tal cereja no topo do bolo (Champions).

Gostava de o ver agora em Espanha. Acho que o futebol italiano é demasiado cínico para que Mourinho tenha pachorra para eles. Em Espanha é tudo fúria, paixão, espectáculo e luta, os ingredientes de que Mourinho gosta. E todos jogam para ganhar.

E sobre isto - o seu futuro - é curioso que interrompi a leitura deste post e seus comentários para ouvir a entrevista de JM à RTP onde dizia que vai aproveitar, até surgir o convite que ele quer, para fazer coisas giras em Portugal com crianças, pobres, etc. É assim Mourinho: sabe ocupar o seu espaço e brilhar alto. Uma estrela? Claro! Cadente? Naaaa

José Pedro Salgado disse...

A carreira de Mourinho acabar?

Desculpem lá, mas se Deus fosse despedido (facto altamente improvável e certamente estranho aos olhos de muita gente)acham que ele teria problemas em arranjar emprego?

Quando se é bom, é-se bom, e para esses há sempre lugar, por muitas polémicas que os acompanhem.

Tânia Martins disse...

Bem já cheguei tarde ao post, já muito disseram e não há muito a acrescentar! Eu não gosto nem deixo de gostar do homem, é um senhor que se impõe mas assim são os bons líderes, é sim um arrogante mas penso que não se trata de personalidade mas sim de profissionalismo, talvez seja mesmo uma forma de auto defesa! Enfim nada mais há a acrescentar ao que disseram...

José Mourinho está de parabéns pelo seu trabalho e por levar o nome de Portugal além das fronteiras!

José Baptista disse...

No fim? Nem pensar!

Mourinho está em alta!

Esperam pelos dias e meses que se seguem porque este planeta ainda vai brilhar muito!

Um abraço

Nélson Faria disse...

O Zé levantou uma questão interessante: será que podemos fazer uma avaliação positiva do trabalho de Deus?

Olhando para a situação actual, quantos de nós - e tendo poder para tal -, defenderiam que Deus continuasse a ser o homem do leme?

Mourinho é uma não-questão, eu prefiro vê-lo em Itália. (Inter, de preferência)

José Pedro Salgado disse...

Nélson,

Tu que gostas de saber sempre do que falas:

Podemos fazer uma avaliação positiva do trabalho de Deus?

Devolvo-te a questão with a twist.

Cada qual conhecerá por certo o seu canto do mundo, e todos nós somos um mundo em nós mesmos.

A resposta é sim, podemos. E não, não podemos. Depende do dia, semana, hora, minuto a que me perguntem.

Farei sempre essa avaliação sem a mais ponta de objectividade e, sabem o que é mais giro?

Nunca podem dizer que não tenho razão.

É que duvido muito que no que toca a Deus, tal como no que toca a Mourinho, a Verdade alguma vez venha a ser conhecida.

jfd disse...

Hummm
Politica, futebol, e a seguir... religião?
Não é tipo, proíbido?? ;))
Bom fds !

Carlos Carvalho disse...

E se Mourinho fosse candidato à liderança do PSD?

Uma piada...mas...

Bruno disse...

Sim, tinha piada porque provavelmente ainda ganhava... mas isso depois era capaz de não ter piada nenhuma...

Speeder_76 disse...

Achas que sim? É só uma etapa que acabou. Outra abriará em breve, garanto-te eu!

Já agora, Guida, eis o post que fiz sobre o "Special One" e o "Felipão": http://continental-circus.blogspot.com/2007/09/extra-campeonato-as-guas-andam-muito.html

joana simões disse...

Boa tarde!
ao que parece este senhor é mais um dos Grandes Portugueses da actualidade, pode evidenciar-se mais no futebol, mas nem por isso não deixa de ser importante, colocando o nosso nome e a nossa bandeira o mais alto possível! não considero que a sua carreira acabe aqui nem que os adeptos do seu trabalho esmoreçam, porque, como ele diz, na entrevista à RTP, agora vai tratar de fazer do que realmente gosta, na ajuda aos pobres e desfavorecidos, viver a vida e esperando pela sua nova grande oportunidade!
axo que independentemente muita coisa é um homem de valor e merece ser acarinhado por todos devido à colocação elevada na fasquia do nome do nosso país!

desejo-lhe boa sorte!

Margarida Balseiro Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Margarida Balseiro Lopes disse...

Paulo, sejas muito bem-vindo a este espaço.

Claro que não. Começará brevemente uma nova etapa, quiçá tão gloriosa como esta.

Não gosto dele. É de facto bom, mas também incrivelmente arrogante.

Ainda assim, terminou esta etapa no Chelsea a provar que é de facto "the special one": jogadores, adeptos, imprensa e até o primeiro-ministro inglês lamentam a sua saída, considerando-a uma perda para o futebol inglês.

O seu destino? Futebol italiano sem dúvida. E, continuará a suscitar admiração e simultaneamente urticária, com toda a certeza.

jfd disse...

Parabéns Margarida ;)))))

Bruno disse...

Sim, boa intervenção Jorge! Parabéns a dobrar: pelo aniversário e pela grande co-blogger que és.

E eu ainda te posso dar mais parabéns por seres a sobrinhada mais querida do mundo ;)

Luís Sardinha disse...

A sua imagem de arrogante e mau perdedor vende, enquanto vender Mourinho estará em forma.