quinta-feira, novembro 29, 2007

Adeus, Madredeus


Hoje Teresa Salgueiro comunicou que vai abandonar o grupo Madredeus. Depois de duas décadas juntos, este grupo desfaz-se. A musica portuguesa perdeu uma carta do seu baralho. Espero que a saida seja por espaço curto de tempo.


E os psicoticos que acham desta saida e da divulgação da música portuguesa?

12 comentários:

Nélson Faria disse...

Logo à partida não percebo porque se irá desfazer o grupo porque sai Teresa Salgueiro.

Era a voz, não era a alma.

Tiago R Cardoso disse...

Ela afirmou que não seria uma situação definitiva.

No entanto tenho pena da saida, acredito no entanto que dada a qualidade dos músicos, o projecto continuo.

Embora a voz fosse por muitos a imagem do grupo, quem ouvisse com mais calma veria a fabulosa musica que está por de trás.

Margarida Balseiro Lopes disse...

Creio também que esta não é uma saída definitiva.

De qualquer das formas, e repondendo à pergunta, este é sem dúvida um dos grupos que mais tem dignificado a música portuguesa.

Paulo Colaço disse...

Gosto deles, sempre gostei. desde o início.
Nos últimos tempos transformaram a música em fórmula. O pior é que as fórmulas gastam-se.
No último trabalho nao inovaram. Talvez tenha sido isso a desmotivar tanto fans quanto musicos.
Separados serão capazes de fazer arte, novamente. E, quando, se juntarem voltará a haver magia.

A voz da Teresa é grande, mas se for apenas mais do mesmo, prefiro o fim ou suspensão do grupo.

jfd disse...

Este fim nada mais é que um começo.
De algo melhor. Do melhor de cada um deles.
Sempre conheci Madredeus.
Sempre me passaram ao lado.
Apaixonei-me por Madredeus com o Lisbon Story. Com a maravilhosa banda sonora de tão estranho filme sobre tão magnifica Cidade:)
Na Expo 98 tive a honra de os ver ao vivo, a Teresa estava maravilhosa e graciosamente grávida. Aquele dueto da inauguração para sempre na minha mente.
Haja o que houver, Madredeus para siempre!!!!

António Pessoa disse...

É uma pena. Teresa Salgueiro é a alma dos Madredeus. Espero que volte.

Anónimo disse...

E aqui? onde está a política?

Margarida Balseiro Lopes disse...

É bom saber que mesmo quando este blogue foge aos temas políticos continua a merecer as visitas dos nossos habituais leitores!
;)

Tânia Martins disse...

Teresa Salgueiro tem uma das melhores vozes a nível mundial, acredito que o projecto Madredeus não tenha ficado por aqui, apenas fique neste momento em "stand by". Espero que a sua aposta a solo tenha muito sucesso, como certamente irá ter!

jfd disse...

Caro Anónimo provocador
Aqui não está a política, mas é um assunto de bom gosto ;)

JBaptista disse...

Devemos aos Madredeus um constante e insistente trabalho em prol da divulgação da música portuguesa de qualidade, que nos orgulha e nos representa verdadeiramente!

Teresa Salgueiro já tinha dado mostras de querer mudar, romper com a "traditio" e ir em busca de novos palcos, novas musicalidades!

Quanto ao regresso do grupo, tudo dependerá de muitos factores internos e externos aos membros do mesmo!

joana simões disse...

bem, efectivamente adoro e sempre adorei este grupo, que é importante para a nossa cultura musical! A coordeação da belissima voz de Teresa Salgueiro e da musica de todos eles! nunca irá acabar enquanto houver alguém que continue a gostar!

beijinhos