sexta-feira, março 16, 2007

Pidesco!


«Poder de Sócrates nas polícias preocupa». Quem o diz é Santos Cabral, demitido pelo Governo há quase um ano do cargo de director da PJ.

E Luís Marques Guedes diz mais:

"O líder parlamentar do PSD, Luís Marques Guedes, acusou ontem o Governo de colocar em causa a autonomia das autoridades judiciárias ao criar um Conselho Superior para a Investigação Criminal sob a alçada do primeiro-ministro. “A subordinação do procurador-geral da República a um conselho presidido pelo primeiro-ministro, somada à anunciada criação de um superpolícia, também na directa dependência do primeiro-ministro [...], são sinais preocupantes e reveladores de um modelo de concentração de poderes inaceitável”, afirmou. " in Correio da Manhã

Já nem o basilar Princípio da Separação de Poderes o Primeiro Ministro respeita. Esta bem que poderia ter sido uma medida de Salazar, mas ele era declaradamente fascista.

9 comentários:

Paulo Colaço disse...

Bela conclusão Marta!

Estou farto de o dizer, disse-o já em plena Assembleia Municipal e repeti-o no último jantar de Bruxelas, estando na nossa mesa um Deputado Socialista: José Sócrates é um homem perigoso para a democracia!

Mesmo muito perigoso!

Creio que o dia em que ele abandonar o Poder venha a ser recordado como um novo 25 de Abril...

xana disse...

O que mais me espanta é que esta questão tem passado um bocado ao lado. Como é possível que ninguém esteja atento a uma medida tão bizarra? Onde estão os outros partidos para falar disto? E mesmo o PSD devia dar mais ênfase, uma vez que Sócrates quase faz as coisas sem ninguém dar por elas.

Big Mamma disse...

Creio que o Presidente da República tem poder para obstar a medidas aberrantes como esta.

Eu defendo um mandato presidencial único, de 8 a 9 anos. Isso faria com que pessoas como Mário Soares e Cavaco Silva não fossem tão amigos de um Governo de cor diferente do primeiro mandato para serem os cães de fila da oposição no segundo.

é que a perspectiva de uma reeleição transforma qualquer um em braço direito do Governo... Que pena!

Isabel Ferreira disse...

"José Sócrates é um homem perigoso para a democracia!
(Colaço)".
"é que a perspectiva de uma reeleição transforma qualquer um em braço direito do Governo... Que pena! (Big mamma)".

Concordo plenamente!!!

Margarida Lopes disse...

"Creio que o dia em que ele abandonar o Poder venha a ser recordado como um novo 25 de Abril... "
Será?

Paulo Colaço disse...

De certeza, Margarida!
O tipo está a corroer os alicerces da nossa democracia!
Está a apoucar as instituições!
Está a amedrontar a opinião alheia!

Quando ele abandonar o poder, o busto da República verá ser-lhe aliviada a mordaça que este PS lhe cingiu aos lábios...

Bruno disse...

Creio que esta ideia do Colaço merece um debate mais aprofundado. Aguarda-se um post de "El Comandante" ou mesmo um Conselho Nacional do Psico...

Marta disse...

Que belo repto Bruno!!! :)

Paulo Colaço disse...

A ideia está em marcha!
Allez, Psico, Allez!