segunda-feira, janeiro 08, 2007

Sócrates lança OPA à RTP!

A RTP, através da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, retirou o tempo de antena dos partidos, do horário nobre, transferindo-os para as 19h.

"O PSD escreveu uma carta à administração da televisão pública onde acusa a RTP de ''penalizar os partidos, em particular os que estão na oposição, uma vez que o Governo tem, pela natureza das coisas, um estatuto de visibilidade na comunicação social muitíssimo elevado''. Os sociais-democratas dizem que ''mudar horários que objectivamente diminuam as audiências significa penalizar os partidos e desvalorizar, na prática, uma importante missão de serviço público"." in Expresso, 5 de Janeiro de 2007

4 comentários:

Paulo Colaço disse...

Não percebo este nosso povo, esta nossa imprensa!
Se isto acontecesse num Governo PSD, caía o Carmo e a Trindade!
Estranha forma de vida!

Nota: Título brilhante, Marta!

Lisete Rodrigues disse...

É o socialismo no seu melhor! Os nove tentáculos do polvo controlador em acção...

Bruno disse...

Penso que este post deverá ser discutido sobre dois aspectos:

1º A razão de ser da existência dos tempos de antena. Com a crescente exposição mediática que os Partidos e os políticos têm, ainda haver aqueles blocos informativos que pouco ou nenhum interesse despertam fará sentido? Será que a mensagem passa para alguém? E não seria esse o objectivo: passar uma mensagem?

2º Aquilo de que fala o título (concordo com o Colaço: é grande!!!) e que não deve ser esquecido. É que se até concordo que se reveja o formato, as condições e até a própria existência dos tempos de antena, já não concordo que se tome uma atitude destas, sem debater com ninguém, sem se apresentarem justificações, dados estatísticos, enfim: uma razão para a mudança.

Assim, mais uma vez, temos um triste exemplo de que a comunicação social em Portugal é conivente com os socialistas em muitas coisas o que só lhe faz mal a si, aos seus membros (jornalistas, principalmente os mais jovens,)ao seu público mas principalmente ao próprio país que deveria ser uma democracia completa e madura...

Rita Nave Pedro disse...

A comunicação social já há muito tempo que precisa de "levar uma volta"...

Eu, pessoalmente, acho que os tempos de antena dos partidos políticos não servem para nada... Os portugueses estão fartos de conversa, querem é acção!