sexta-feira, setembro 29, 2006

Chegou a Hora dos Camaleões!!


Eu que não como muito queijo ainda me lembro de um tempo, não muito distante, em que o agora Secretário de Estado da Administração Local, Eduardo Cabrita, dizia cobras e lagartos pelo facto de os governos de Durão Barroso e Santana Lopes se proporem fazer cortes às despesas das autarquias.

Também me recordo do tempo em que o actual Ministro da Saúde, Correia de Campos, se opunha terminantemente à introdução de taxas moderadoras nos internamentos hos-pitalares.

Como dizia Camões, mudam-se os tempos mudam-se as vontades…é vê-los agora quais camaleões a defender o que antes criticavam. Nada de novo afinal, é o reino socialista! Defendem uma coisa quando estão no governo e o seu contrário quando estão na oposição.

Apenas uma questão de estilo e atitude mas que faz toda a diferença…

Marques Mendes marcou pontos na entrevista que deu a Judite de Sousa na RTP, a sua imagem de marca é fazer uma oposição séria, responsável e credível. Quem não está habituado estranha, mas que esta atitude a prazo dará frutos não tenho duvidas, é que os portugueses não dormem.

9 comentários:

Paulo Colaço disse...

É isso aí Z!

É o problema da credibilidade!
Ou, como alguém aqui dizia, é o problema de alguns políticos não terem frequentado Universidade de Verão onde um Carlos Coelhos lhes ensinasse que a credibilidade e a coerência são duas das bases do respeito que os nos têm!

E é curioso que o PSD tem sempre a opinião pública a "roer as canelas" ao passo que todos se mostram indiferentes quando o PS tomas medidas semelhantes.

Estranho!

Veremos que desenvolvimentos nos trará esta polémica. Eu, por mim, acho que o Governo deve seguir no rumo da moralização das contas das autarquias. Com firmeza mas sem exageros fruto da cegueira belicista do Eng. Sócrates.

Bruno disse...

Muito bem AntZ! São as vantagens da idade: a memória ainda funciona a 100% ;)

Só tenho pena que a atitude coerente e responsável de Marques Mendes lhe renda apenas uns 20 e tal por cento... Como já disse noutro comentário, cada povo tem os políticos que merece. Mas admiro o teu positivismo e espero que tenhas razão quando dizes que os portugueses não dormem. Mas vai ser preciso muita persistência de Marques Mendes e, principalmente, de todos nós.

Paulo Colaço disse...

Bruno,
junto-me a ti neste e num comentário anterior: as nossas duas júniors estão em grande forma!

Força Nês e Z - duas catraias de 16 anos que conseguem ter mais opinião e consistência que muita gente que está na política activa há anos. E falo de alguns que andam pelo Parlamento apenas porque é preciso preencher 230 lugares!!!

Big Mamma disse...

subscrevo o que disse, caro Bruno:
Mas vai ser preciso muita persistência de Marques Mendes e, principalmente, de todos nós.

Nao sou PSD mas admiro a inteligência de Marques Mendes.
Apoiem o vosso líder. nao o deixem combater sozinho.

King_PCf disse...

Antes de mais elogiar o grande trabalho da Z ao refrescar-nos a memória =) boa !!

é com tristeza que contudo .. faço uma analogia com o meu país de nascença a Venezuela ...

À algum tempo um senhor de seu nome ... Carlos Andrés Peres .. foi preso .. acusado de roubo e desvio de fundos públicos .. levou o país à ruína ...
foi condenado .. saíu em condicional .. ao abrigo dos estatutos vigentes no país para os politícos ...
candidatou-se com a maior das latas ..
e sabem que mais ?
ganhou com maioria absoluta !!!!

(isto o povo sabendo que estava a ser notoriamente enganado ... )


Será o povo português mais inteligente que isto mesmo ?.... plo que demonstrou no passado .. parece ter lapsos de memória como os do Bruno Ou os meus ... e esquecer-se do que vai para trás ...
acudindo a simples "paleios eleitorais" e promessas completamente descabidas ...

enfim...

espero que o teu optimismo .. realmente dê frutos .. e que os portugueses não se fiquem pela cama ...!!!

antZ disse...

O povo português pode ser muitas coisas... mas BURRO NÃO É!

Inezinha disse...

Esta Ines Aguiar Branco é o futuro! Ouçam bem o que eu vos digo... Indo agora ao que interessa, se bem me lembro da minha última aula de economia em que falámos deste tema, não houve um ministro da saúde do governo do PSD (já não me lembro do nome) que propôs as taxas moderadoras e não foi curiosamente (um acaso, nada mais) a oposição da altura, o PS que se opôs a tal medida? Esse partido cada vez me surpreende mais, uma autêntica caixinha de surpresas. Com o país neste estado, devem ser os únicos que nos conseguem pôr a rir. Criticam as propostas mas depois quando são Governo, vamos lá aplicá-las. Estarão a ser incoerentes? Não devem ser pormenores importantes para o colectivo de José Socrates. Caso para dizer, é pior a emenda que o soneto.

xana disse...

É por estes episódios que as pessoas se afastam da política. E a falta de credibilidade não é só da parte do PS mas sim de todos. Já que estamos numa onda de recordações, o Santana quis cortar despesas nas autarquias mas foi um péssimo exemplo como autarca gastador que deixou um grande défice na CML.
A falta de seriedade dos nossos governantes é um combate muito sério que nos cabe a nós travar de hoje em diante.

antZ disse...

Enquanto Marques Mendes for dirigente do partido não temos que nos preocupar com a credibilidade da nossa oposição e do nosso FUTURO GOVERNO!